De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), praticar uma atividade física do seu perfil, com acompanhamento de um profissional da área, pode reduzir significativamente o risco de doenças cardiovasculares, câncer e diabetes. Há mais possibilidade de uma pessoa sedentária sobrecarregar órgãos vitais, articulações e outras complicações atreladas à falta de atividade física comparado a praticantes assíduos de exercícios.

Pessoas fisicamente ativas são mais dispostas, além do corpo funcionar melhor. Ao exercitar-se, o organismo libera endorfina – “hormônio do prazer” -, o qual gera uma sensação de bem-estar e relaxamento, além de aliviar dores já existentes em nosso corpo.

Quais são os benefícios da atividade física?

É cientificamente comprovado que a endorfina previne a depressão e melhora significativamente determinados casos já diagnosticados, sem dispensar a devida atenção e cuidado de um especialista da área.

A prática de atividade física possui muitos benefícios, principalmente quando aliada a uma alimentação equilibrada – o percentual de resultados satisfatórios é muito elevado. É claro que existem outros fatores como condições de saúde e equilíbrio hormonal que são capazes de interferir no peso. Porém, com cuidado e dedicação, conseguimos colocar tudo nos eixos.

Leia o conteúdo completo no Blog Natuclin clicando aqui