Venevérito Cunha e Dirlene Saboia Cunha

 

Caro professor Aroldo Murá

Agradeço em nome de minha família, publicação da reportagem sobre a inauguração do logradouro que recebeu nome de nosso pai, engenheiro Venevérito da Cunha, entregue recentemente pelo perfeito em exercício Eduardo Pimentel e pelo vereador Serginho do Posto.

Para nós, finalmente ele recebeu a homenagem merecida pelas tantas obras fez aqui na capital do Paraná, onde viveu desde que veio de Florianópolis(SC), aos 22 anos, em 1938, fazer concurso de habilitação (vestibular da época), na Universidade do Paraná, para o curso de Engenharia.

Nosso pai faleceu lúcido, aos 100 anos, 2 meses e 17 dias de vida, em 17 de novembro de 2016.

Muito obrigada.

DIRLENE SABÓIA DA CUNHA

filha nº 4 dos 9 filhos!

Para ler a coluna completa do Blog Aroldo Murá, clique aqui.