Deltan Dallagnol: casa nova

Deltan Dallagnol: casa nova

O procurador Deltan Dallagnol, dos mais loquazes e midiáticos membros da Lava Jato em Curitiba, tem bom salário no MPF.

E fatura muito mais, certamente, com conferências e palestras que dirige em todo o país. É solicitadíssimo.

Dizem que ele só fala “pro-bono” quando convidado por igrejas evangélicas. Ele é ativo membro da Igreja Batista do Bacacheri.

Muito exposto na mídia, e dentro do “espírito bolsonarista” de renovação, Deltan não é unanimidade na direita. Alguns do próprio entorno em que ele circula em Curitiba, MPF e PF, chegam a classificá-lo de “ótimo show man”. Maldade, é claro.

O que pode denotar mágoas ou invidia.

BOM GOSTO

Fato é que o procurador é homem também de bom gosto: comprou e está morando com a família num milionário apartamento que, se não fosse a crise, valeira pelo menos R$ 3 milhões ou mais.

Um por andar, vista maravilhosa, 4 vagas de garagem, piscina no condomínio e toda segurança, são características do apartamento.

Deve ter pago R$ 2,5 milhões pelo confortável flat, localizado no Cabral, numa das esquinas da Rua Manuel Eufrásio, com mais ou menos 700 metros quadrados de área (incluindo área útil).

Indagados sobre o novo proprietário porteiros negaram-se a dar informações sobre o procurador. Ordens são ordens, pois.

LEIA A COLUNA COMPLETA AQUI