Tivemos uma eleição onde definimos quem será nosso Governador e nosso Presidente.

Agora temos que torcer para que as promessas de campanha sejam transformadas em ações eficazes, principalmente no que concerne a melhorias na área da Segurança Pública.

O futuro Presidente do Brasil, JAIR MESSIAS BOLSONARO, teve um discurso alinhado com os integrantes da Segurança Pública, e em suas falas sempre pontuou que iria fortalecer a estrutura das policias, e acabar com essa farra que hoje vemos, onde os marginais em sua grande maioria não são presos, apenas encaminhados para a Delegacia, e lá, após preencherem o Boletim de Ocorrência, são imediatamente liberados, sabedores que a burocracia de nossas leis e justiça lhes dará a impunidade.

Espero que ao assumir, mude algo para que os policiais possam realmente trabalhar e ver o resultado de seu trabalho se transformar em segurança para a população, e não apenas em um serviço de “táxi” para marginais.

Uma das medidas que o futuro presidente defendeu é a “Excludente de Criminalidade” para que o policial ao agir por: Estado de Necessidade; Legitima Defesa; Estrito cumprimento do Dever Legal; ou, Exercício Regular de Direito, não tenha que ser autuado, enquadrado e ser processado por cumprir com seu dever legal.

Caso consiga implementar isso, o policial poderá, ao avistar, por exemplo, um traficante nos morros do Rio de Janeiro portando um fuzil, efetuar um disparo e abater o marginal, sendo sua atitude interpretada e amparada pela Excludente de Ilicitude.

Com isso, tenho certeza que os marginais que hoje andam livremente pelos morros cariocas portando fuzis e efetuando disparos para o ar em clara afronta aos poderes constituídos, com certeza pensarão mais para ficarem andando armados e se expondo como fazem hoje.

E em nosso Estado, também espero que nosso futuro Governador Ratinho Jr, vá na mesma linha, dando amparo e retaguarda para que os policiais civis e militares possam trabalhar com tranquilidade.

Se fizer isso com certeza será o melhor investimento em Segurança Pública dos últimos anos.

Agora, só nos basta esperar e ver as decisões que serão tomadas.

E desejo a eles, sucesso, pois o sucesso deles, serão refletidos numa melhora da qualidade de vida para todos nós.

Para sugestões e ou perguntas, encaminhe seu e-mail para [email protected]