Todos reclamam e cobram da falta de se segurança nas ruas, mas nada é feito para mudar isso.

E o que todos cobram, é sempre mais policiamento nas ruas.

Mas não adianta duplicar ou triplicar a quantidade de policiais nas ruas, pois não vai alterar nada, enquanto os presos que já foram presos e retirados das ruas continuarem a comandar o crime organizado de dentro das cadeias e presídios.

Como já foram noticiadas em várias épocas distintas, onde a polícia ao cumprir mandados de prisão, tem que cumprir muitos deles dentro dos presídios.

E o que é feito para acabar com isso? Muito discurso e pouca ação!

E já fiz essa indagação anteriormente e a faço novamente.

Porque continuam dando discursos que usarão uma tecnologia que é muito cara para impedir a comunicação de celulares no interior dos presídios, ao invés de usarem uma chave de fenda e um alicate.

Para acabar com o uso de celulares pelos presos basta acabar com as tomadas elétricas no interior das celas. Sem energia elétrica para recarregar as baterias dos celulares, eles não terão serventia para os presos.

Mas porque não fazem isso? Falta de coragem e atitude!

Os presos dominam os presídios, e não tem como discordar dessa afirmação enquanto os governantes continuarem a “ter” medo dos presos e das rebeliões e não adotarem medidas rígidas e severas.

Ao ser tomada uma postura dessa, com certeza haverá até rebelião dos presos, mas é aí que se diferencia o “líder no cargo” do ” encosto no cargo”, pois o líder irá manter a lei e a ordem nas ruas e dentro dos presídios.

Quem assume o cargo de Governador do Estado e designa um Secretario de Segurança, tem que ter postura e coragem para medidas que visem melhorar a segurança da população.

E uma ação dessas, deve ser feita com planejamento e gradativamente, começando pelos presídios menores e onde haja “líderes” de menor expressão entre os comandos criminosos.

Os policiais fazem, e fazem bem o seu trabalho, por isso a população antes de cobrar tanto da polícia, cobrem daqueles que tem o poder de tomar decisões e fazer o que deve ser feito.

E os policiais devem receber o apoio da população, pois uma minoria que quer a desgraça e o criminoso livre e protegido pelas nossas leis para ganharem dinheiro com a desgraça alheia, estão nas mídias atacando e agredindo os que são corretos.

O bom cidadão não deve se calar, pois a próxima vítima pode ser você.

Para dúvidas e sugestões encaminhe seu e-mail para [email protected]

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.