Parece matéria repetida, mas infelizmente não hoje nossa legislação valoriza os marginais em detrimento do bem-estar do cidadão de bem.

Falta de planejamento de médio e longo prazo na área da Segurança Pública acabam por comprometer o recebimento de recursos federais pelo Estado, pois não adianta apenas ir “pedir” dinheiro em Brasília, tem que ter projetos elaborados.

Foto: PM-PR

E quando vemos presos rendendo e agredindo um policial de plantão, roubando armas da delegacia e vários fugindo e armados para cometerem novos crimes, constatamos a necessidade de se elaborar projetos, muitos projetos e os ter em mãos, para sempre que puder, não perder recursos pela falta dos mesmos.

Apesar de nossa polícia ser eficiente e muito bem preparada, o que percebemos as vezes é uma falta de integração entre o comando e a tropa, quer seja na Polícia Civil ou na Polícia Militar.

Como sou Coronel da Reserva da Polícia Militar, sempre acompanho junto aos oficiais e a tropa como estão os apoios e o suporte para realizarem o trabalho, e a reclamação é sempre a mesma.

Equipamentos e material até tem, o que falta é uma maior interação e respeito.

A pouco tempo ouvi de um policial que trabalhou por 35 anos que ao sair do trabalho em seu último dia, não recebeu nem um “Parabéns pelo trabalho realizado; bom descanso; boa aposentadoria” que seria o mínimo a ser feito pela administração.

Depois os gestores do governo se perguntam, porque a quase totalidade da tropa solicita a aposentadoria com o mínimo de tempo de serviço exigido pela lei, mesmo tendo condições de exercerem e muito bem seu papel junto a sociedade paranaense.

Quem nunca trabalhou atendendo ocorrências nas madrugadas, com chuva, frio e colocando suas vidas em risco, não sabe e nunca entenderá o que estou falando.

Hoje a um desvio de aplicação da tropa, onde vemos policiais recém-formados trabalhando na área administrativa e policiais desgastados pelos anos de dedicação a Segurança Pública sendo sugados ao limite o que os induz a solicitarem a aposentadoria assim que possível.

Se fosse bem administrado a gestão do efetivo, com certeza não teríamos essa avalanche de pedidos de aposentadorias.

Infelizmente falta GESTÃO e bom SENSO.

Para sugestão de pautas e dúvidas, encaminhe seu e-mail para [email protected]