Essa é uma frase que todo mundo conhece, mas que na prática uma grande parcela da sociedade apenas diz que é importante, mas não faz a sua parte, e só sabe cobrar do governo para que ele faça a sua parte educando e instruindo seus filhos.

Mas o que esses pais não compreendem, e que infelizmente são uma grande parcela dos pais, é que a função principal dos nossos professores, é a INSTRUÇÃO, ou seja, formar intelectualmente os seus alunos e como suplementação, complementar as suas formações pessoais.

 

Os pais devem assumir a formação moral e cobrar de seus filhos posturas de respeito e educação para com as demais pessoas e principalmente para com as pessoas mais velhas.

Ensiná-los a respeitar os professores; respeitar os idosos; e que se estiverem no ônibus e virem uma pessoa idosa, uma mulher grávida ou uma mulher com criança no colo, devem se levantar e oferecer o seu lugar para essa pessoa.

Que devem respeitar as pessoas com algum tipo de necessidade especial, e trata-las como igual, e nunca fazerem brincadeiras ou bullying com elas.

Que na escola sempre tenham um comportamento correto e que da mesma forma como devem se comportar com os que possuem alguma necessidade especial, também devem se comportar com seus colegas, e nunca menosprezar ou fazer bullying para se promoverem ou demonstrar que são melhores que os outros.

Os pais devem sempre ensinar que a EDUCAÇÃO é fundamental para que uma pessoa tenha sucesso e ao mesmo tempo tenha respeito das pessoas.

Infelizmente vemos todos os dias alunos com comportamentos similares ao de marginais, e que ao ser feito contato com seus pais ou responsáveis se verifica que na maioria dos casos os alunos não tem o suporte familiar desejado e são criados “largados” no mundo.

Nossa sociedade mudou, muitas mães hoje trabalham fora e em muitos casos são o único sustento da família. Essa mudança mexeu e criou dificuldades para os pais, mas não pode ser usada como desculpa, pois há muitas famílias que tem os mesmos problemas, mas os seus pais ou apenas a mãe consegue

educa-los e os transformarem em bons cidadãos, deixando para os professores os instruírem e complementar sua socialização.

E pior que isso são os pais que apesar do péssimo comportamento de seus filhos, ainda vão na escola reclamar e cobrar dos professores quando estes tentam fazer o papel que os pais não fizeram.

Por isso nunca esqueçam, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Para consultas ou sugestões de pauta envie um e-mail para [email protected]