.

Vivemos dias de uma vida virtual. Onde estamos mais on line nas redes sociais do que on line na vida. A tecnologia tem levado o ser humano a viver uma vida que na maioria das vezes nem é tão real assim.

A cultura através da música, da dança do teatro e de tantas outras formas de conhecimentos culturais pode ser um ator transformador na vida das pessoas. Em especial, as crianças que tanto são reféns de um cenário que se relaciona com a droga, a bebida tanta coisa ruim para os as pessoas. As famílias têm sido refém de um sistema abrupto em que todos nós acabamos pagando a conta de alguma maneira.

Foto EBC

É preciso romper este processo em busca de uma vida melhor para todos nós. As crianças ao se depararem com atividades culturais podem e muito potencializar, além das habilidades, um brilho nos olhos que podem mudar tudo. Uma criança com seu tempo preenchido de atividades pode determinar seu futuro.

É preciso entender que a cultura torna as pessoas melhores, aprendem a trabalhar em equipe, a dividir responsabilidades e a enxergar um mundo melhor, a ter uma expectativa de um futuro melhor e promissor.

Meu desejo de que possamos investir em ações culturais para as crianças e adolescentes, no esporte e lazer, que além de ocupar espaço, trás uma vida mais saudável. E por fim, trazer mais alegria a vida de cada pessoa. Sorria, seja feliz!

*Evandro Razzoto  é coordenador de Ciência e Tecnologia da SETI – Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Governo do Estado do Paraná. Professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas