Pensa em um fato comum demais nos grandes centros. Lixo jogado na rua, falta de limpeza das galerias fluviais e chuvas torrenciais. Cardápio perfeito para causar o caos em alguns lugares. Mas o que se pode fazer para evitar enchentes e o caos?

São vários fatores que somados geram o caos. Impermeabilização do solo onde tudo vira calçada, asfalto e construção. É preciso consciência e aplicação da lei para que o equilíbrio exista. o lixo jogado nas ruas de forma inconsequente, bem como a falta de limpeza dos bueiros. Sem contar as chuvas torrenciais. Nos tornamos reféns de um ciclo que tende a nos levar aos desastres cada vez maiores. E isto que nem estamos falando do leito dos rios.

Foto BRK Ambiental

Responsabilidade das pessoas, da sociedade em geral e do poder público. Sempre um joga a responsabilidade para o outro. É preciso uma união de esforços para que possamos reduzir os problemas gerados de forma intensa, em especial no verão. É preciso reeducar a sociedade, haver um envolvimento das escolas e universidades, dos estudos aprofundados até as crianças trabalhando neste processo.

Meu desejo é que somados os esforços tenhamos uma sociedade e cidades urbanizadas de forma ordenada e equilibrada. Somente desta maneira podemos evitar um mal ainda maior do já temos causado ao nosso planeta, ao local onde moramos. Consciência sustentável a todos e vamos em frente!

*Evandro Razzoto  é coordenador de Ciência e Tecnologia da SETI – Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Governo do Estado do Paraná. Professor da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), consultor e palestrante ambiental. Além disso, escreveu o livro Eco Sustentabilidade: Dicas para tornar você e sua empresa sustentável, em que fala principalmente sobre como conciliar os três pilares da sustentabilidade (crescimento econômico, responsabilidade social e preservação ambiental) na gestão e marketing das empresas