Imagem ilustrativa – Pixabay

Vamos começar esse artigo com o significado da palavra ideia. Segundo o dicionário Aurélio (velho amigo escolar de todo mundo com mais de 30), ideia é: percepção intelectual; pensamento; fantasia.

Trazendo para o dia a dia, a ideia é tudo aquilo que existe antes de qualquer coisa (acho que piorou né? rsrsrs). Vamos em frente que tudo fica claro. Na prática não há como escrever este artigo aqui para você agora sem antes ter existido uma ideia.

Mas, e o realizar? Realizar significa: tornar real, efetivo; efetuar, executar. Ou seja, a ideia do texto vem antes, mas ele só se realiza quando eu ponho a mão na massa. Começa na pesquisa sobre o tema, faço as primeiras anotações, junto a colcha de retalhos de uma forma clara, então escrevo tudo (é sério, as palavras não saem sozinhas para a tela do laptop, rsrsrs) e envio para a super Denise para ser publicado.

Assim sendo, enquanto a ideia é algo que não tem impacto na realidade pois está no campo do pensamento, o realizar é o que tira do abstrato e traz para o mundo, gerando algum efeito.

Pessoas que só ficam no campo das ideias tem a tendência de terem muitas conversas, a encabeçarem longas discussões e resolverem os problemas do mundo no campo da fala, mas não tomam ações concretas para implementar e realizar nada. Só falam e não fazem. Investem todas as suas energias e capacidades em sopros ao vento.

Talvez agora você tenha identificado alguma vez que fez isso, e calma, não vai buscar os chicotes, ok? As vezes em algum momento ou situação da vida acabamos tendendo a ter esse tipo de falta de atitude, eu também já me vi nesta situação algumas vezes. O importante é que a partir de agora você tem a possibilidade de mudar isso, então segue a leitura sem ficar cheio de culpa tá.

Mas, e porque isso acontece? Porque muitas vezes a pessoa se foca no processo relativamente fácil de ser criativo, vive no mundo das ideias, e não tem a coragem de enfrentar o processo infinitamente mais difícil de ser realizador na vida (até porque ser um realizador não é fácil, exige esforço e nem sempre o resultado é igual à ideia original, mas fica sabendo aí que as vezes pode ser até melhor!).

O fato é que a pessoa que vive somente nas ideias se frustra e carrega um fardo de inconformismo que só faz mal. Na maioria das vezes culpa o mundo, a empresa, a família, os amigos, a economia, o cônjuge, o governo, assumindo uma postura de injustiçado… sendo que não tem ações direcionadas a fazer a diferença, mesmo que seja apenas na própria vida.

É claro que jamais devemos limitar nosso potencial de imaginar, sonhar, pensar e desejar. É uma capacidade importante para se desenvolver, mas que sozinha não tem resultado.

Também não haveria a mínima possibilidade de tornarmos reais todas as ideias que temos (até porque algumas nem são muito boas né colega?). Faltaria foco e talvez parecêssemos baratas tontas querendo abraçar o mundo.

E o que fazer?

Filtrar, observar, conhecer suas próprias vontades e trazer para validação aquelas ideias que realmente fazem sentido para você, para a sua família, para o seu trabalho, para o seu negócio.

Imagine que você tem dois amigos. Um te diz que tem uma ideia para um grande livro, mas ele não escreve, muito menos, publica. O outro tem a mesma ideia, escreve e publica. Você com certeza poderá reconhecer o segundo amigo e dizer que sua obra é maravilhosa, que ele é um grande escritor. Mas você poderia dizer isso do primeiro? Com certeza não, pois a obra dele não existe, não é real. Ele acabará sendo apenas um bom falador, não um escritor.

Não se permita confundir uma conversa brilhante com uma ação real. Ideias são abundantes, implementação é para os fortes.

E, para ser verdadeira como eu gosto de ser com você, nem toda ideia aplicada será necessariamente um sucesso, mas te transforma em um realizador. Colocar em prática te possibilita aprender, crescer, evoluir e estar apto a ser cada vez melhor em realizar.

A intenção das ideias e sonhos é o sucesso, mas não se pode cair na armadilha de exigir uma certeza impossível antes de caminhar para a realização, pois isso acaba com a chance de tentar e sem tentar não tem como saber se daria certo.

Ideias sozinhas não têm poder nenhum, pessoas é que colocam ideias em prática para se transformarem em feitos.

Entrar no campo de realizar ideias será desconfortável com certeza, mas o mundo não busca profissionais nem empresas conformadas com a zona de conforto, muito menos criticadores de fila de supermercado, para alcançar mais é necessária disposição.

A prova real de uma ideia é a sua implementação, antes disso é apenas pensamento.

E dá para viver sem colocar nada em prática nunca? Até dá, mas esta pessoa estará fadada a ser um descontente, uma vítima das escolhas dos outros. Eu não gosto nem de imaginar que alguém deseje ser esta pessoa.

Agora, você que é diferenciado, e sei disso porque está aqui lendo este texto até o final e buscando evoluir sua vida, em vez de ficar alienado, não é uma pessoa só de ideias.

Te convido a responder esta pergunta da sua Coach:

O que você vai começar a colocar em prática hoje?

Na próxima semana falarei sobre uma ferramenta que vai te ajudar a validar o potencial das ideias e definir os primeiros passos.

Contato

Acompanhe e empreenda sua vida.

E-mail: [email protected]

Instagram: @isabellefeichas

#EmpreendaSuaVida #EmpreendaComBrilho