Desta vez o artigo que escrevo é fruto de um livro que estou lendo. Decidi reproduzir fielmente aqui no blog um trecho dele que fez a diferença para mim, e acredito que pode ajudar a você também.

Seu autor além de palestrante de sucesso, empresário e psiquiatra, é um dos grandes best-sellers do Brasil: Roberto Shinyashiki.

E antes de seguir preciso contar que eu ganhei o livro dele próprio, com direito a autógrafo e tudo… desculpa a “mitidez” aqui caro leitor, mas é muito massa ter um livro autografado por uma pessoa que se admira, concorda?

Então vamos ao trecho (vale a pena a leitura!):

“Vivemos em um tempo de pouca tolerância aos desejos dos outros: as pessoas estão rejeitando quem pensa diferente delas e vivendo pelo lema ‘quem pensa diferente de mim está errado’.

Isso é tão forte que começamos a achar que estamos sempre errados e o que vale é o senso comum. Não caia nessa. Muitas vezes, quando nos arriscamos a ser nós mesmos, surpreendemos positivamente os outros. Afinal, todo mundo está ávido por originalidade, por gente de verdade.

O problema é que poucos estão tendo a coragem de ser originais.

Quando deixa de fazer o que seu coração manda, somente para evitar críticas, você perde sua autenticidade, sua marca registrada, algumas características tão particulares que a diferenciam da multidão. Assim, corre o risco de não se reconhecer mais na frente do espelho.

Se você quer ser uma cantora, se a sua vocação é soltar a voz nos palcos, seja uma cantora. Não tenha medo das críticas e das contrariedades, começando pelas da família, que, desejando seu bem muitas vezes tentam é afastá-la do seu caminho.

Se você é homossexual, não deve esconder sua essência da família e da sociedade, por medo das críticas e da intolerância. Essa é uma condição só sua, e os outros tem de aceitá-lo como você é. As consequências de você assumir a sua essência, a curto prazo, podem ser bem difíceis de

lidar, porque ainda existe muita resistência e preconceito debaixo da capa da modernidade. Contudo, se você seguir por muito tempo escondendo sua verdade, mais dificilmente será feliz.

Se você tem vontade de ser um bilionário, vá atrás da sua meta. Conhecemos pessoas que nasceram para criar riquezas e são felizes dessa maneira. Nesse caminho, você vai receber críticas pesadas, porque nossa cultura recrimina quem ambiciona ganhar muito dinheiro, e a inveja é infinita. Realize a sua vocação, apesar dos protestos da turma do contra.

Acredito que você pensa que é preciso coragem para impor as próprias vontades em vez de seguir a boiada, não é mesmo? Sim, é preciso um banho de coragem para se impor em nossa sociedade. Entretanto, sujeitar-se a viver infeliz para satisfazer a vontade e as determinações dos outros não exige muito mais de você?

Dê o seu grito de independência e detone tudo o que não tem a ver com a sua paixão de viver. Lembre-se de que a sua felicidade é muito mais importante que a sua imagem. Viver com paixão é muito melhor do que viver para atender aos anseios dos outros e ‘ficar bem na foto’.

Chute o balde! Fuja do perigo de querer ser politicamente correto, sendo absolutamente incorreto com aquilo em que acredita.

Sem contar que sempre haverá gente ao redor pronta para criticar a sua escolha, seja ela qual for. Esses vigilantes agem assim para escapar do mais difícil, que é se concentrar no rumo que estão dando à vida deles.

Procurar ser uma pessoa certinha, dentro dos conformes, como manda o figurino, é muito perigoso se estiver forçando a sua barra.

Quando você assume suas decisões, independentemente do que os outros acham, pode perceber que tira um peso imenso das costas. Então sobra energia para viver com alegria no coração, e enxergar mais claramente o seu caminho.”

E o que eu digo de tudo isso… nunca esprema quem você é para caber em nada nem em ninguém, pois você corre o sério risco de explodir ou simplesmente desaparecer. Viva seu eu, sua vida e seus sentimentos com a intensidade que eles merecem.

Uma recomendação: volte e releia sempre que necessário!

E a pergunta da sua coach hoje é profunda:

O que você ainda não fez por medo da reação ou da crítica dos outros?

Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!

Contato: [email protected]

Ou pelo instagram: @isabellefeichas

#EmpreendaSuaVida #Empreendedorismo #EmpreendaComBrilho #Disney #MelhorAno #Trabalho #Paixão