O tema de hoje podia ser parte do programa da Ana Maria Braga, mas como não dá para passar debaixo da mesa do escritório, nem te enviar um bolinho de chocolate daqueles que só a avó sabia fazer (que alimentava o estômago e também tinha altas doses de carinho), vim escrever sobre as diferentes fomes que temos.

Temos a fome fisiológica, aquela básica de café da manhã, almoço e jantar, que busca por nutrientes e energia para manter a vida e a saúde do nosso corpo físico. Apesar de essencial, saciar essa fome nos traz apenas as condições de manter a nossa máquina, nosso corpo e cérebro em funcionamento.

Imagem ilustrativa

As outras fomes precisam da mesma forma de atenção. Uma delas, que cresce a cada dia, principalmente nessa era virtual é a fome afetiva, fome de contato humano, de carinho.

Nesse mundo digital vemos pessoas com 5.000 “amigos” no Facebook, viciadas em mensagens de texto, mas que não se empenham em ter tempo para participar da realidade da vida daqueles que realmente importam.

Falta calor humano para as noites frias, e não falo só das temperaturas de inverno, mas do gelo que pode surgir em uma alma sem amor, sem carinho. Somos seres sociais e nascemos para estar entre pessoas, a felicidade e a alegria humanas estão ligadas ao contato, até mesmo a saúde, tanto física quanto mental.

Apesar da fome afetiva crescer muito nos dias de hoje, é simples saciá-la, deixe o celular, a televisão e o computador de lado e esteja presente com as pessoas, principalmente quando estiver com aqueles que você ama, esteja por inteiro!

Há também a fome de propósito, sim, a fome por um propósito de vida, de um porque pelo qual se mantém a determinação mesmo nos dias difíceis. Uma vida sem propósito vai se tornando mecânica e vazia, e às vezes para preencher esse vazio algumas pessoas se perdem em vícios.

Ao se encontrar um propósito para saciar esta fome, a pessoa descobre um mundo mais vivo, colorido e alegre para viver, e consegue deixar para trás o que a prendia e a impedia de ser feliz, evoluir, ter sucesso…

Existem mais fomes além dessas que eu trouxe hoje nesse artigo para você, talvez seja o caso de fazer uma revisão interna por aí também.

E nunca pense que irá matar todas as suas fomes com comida, pois isso só fará ganhar peso.

Nem só de garfadas vive o homem!

E a pergunta da sua coach hoje é:

Qual a fome que você tem ignorado ou abafado?

Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!

Contato: [email protected]

Ou pelo instagram: @isabellefeichas

#EmpreendaSuaVida #Empreendedorismo #EmpreendaComBrilho #Disney #MelhorAno #Trabalho #Paixão