Fotos públicas

Já ouviu falar em planejamento financeiro? Sabe o que realmente isso significa? Ou acha que planejamento financeiro é só pagar as contas em dia?

Planejamento financeiro não é só pagar as contas, ele vai muito além disso. E esse artigo fala um pouquinho sobre o tema.

Controlar, equilibrar e organizar as finanças, mantendo um fundo de reserva para eventualidades e também para realizar sonhos é o significado de planejamento financeiro. E essa é uma ferramenta essencial para você, para sua família e com certeza para sua empresa.

Trazendo para o dia a dia, ter planejamento financeiro é gastar menos do que se ganha e fazer uma reserva com a parte que sobra.

O principal aqui não é o quanto você ganha, mas o quanto você gasta. Pode não ser o que você queria ouvir, mas é isso mesmo. Quando você não domina nem coloca disciplina nos seus gastos, sempre que você ganhar mais você vai encontrar outras coisas para gastar, e vai acabar sem ter dinheiro para guardar.

Ter uma quantidade de dinheiro, seja na poupança ou em um bom investimento, serve para te proteger de imprevistos sim, mas a economia também te possibilita a minha parte preferida (e acredito que sua também): realizar sonhos e aproveitar oportunidades.

Tendo a suas economias, quanto surge uma oportunidade de algo que você queira fazer, você tem essa possibilidade, seja uma viagem, um curso, um treinamento ou desenvolvimento pessoal seu, você vai ter essa possibilidade, por que você tem um planejamento e uma condição financeira extra para poder realizar estas coisas. Então planejamento financeiro é muito importante e está ligado inclusive com felicidade e equilíbrio.

Mas e aí, para começar como é que faz? Para você começar o seu planejamento financeiro vou te ensinar duas coisas que eu aplico na minha vida.

A primeira é, anote tudo, absolutamente tudo, o que você tem de despesa, tudo significa inclusive aquele dinheirinho a mais que você dá para quem cuidou do seu carro, aquela balinha que você compra no terminal, tudo, tudo mesmo. E faz uma conta real do quanto está gastando.

Anota também as suas despesas mensais e as suas despesas extras durante um mês para ter uma noção real de onde tem ido seu dinheiro.

Depois disso, vendo tudo o que você gasta, você anota ao lado o quanto você ganha e vê primeiro se a conta fecha. Se a conta fechou, ótimo, e mesmo assim fique atento e busque alguma despesa que eventualmente está alta e que nem faz tanto sentido para você e por isso pode ser eliminada.

As vezes o corte de uma única despesa pode fazer a diferença no final do ano. Brincando, brincando, se você economizar R$ 20,00 por semana (menos de R$ 3,00 por dia), sabe quanto isso dá em um ano? Aproximadamente R$ 1.200,00 agora multiplica isso por 5, ou 10 anos e acrescenta juros compostos rendendo seu dinheiro… Só te digo uma coisa, compensa!

Segunda dica

A segunda dica é colocar metas semanais de quanto você pode gastar. Se você só pode gastar R$ 50,00 em extras, seja na saída com os amigos, seja onde for, é esse tanto que você pode gastar nessa semana, nada além disso.

E se passar uma semana sem gastar você joga esse valor para a semana seguinte ou guarda. O que não dá é sair gastando por aí sem saber o que está acontecendo com as suas finanças. Porque senão isso pode dar um problema sério e até levar a falência, e eu sei você vai preferir ter pensado nisso antes.

Existe muito mais sobre esse assunto, mas eu quis trazer um pouco aqui para ajudar você a dar o ponta pé inicial e aprender a cuidar bem do seu dinheiro.

E a pergunta da sua coach hoje é:

Quando você vai começar?

Manda um e-mail contando para mim se isso fez sentido para você, se quiser pode enviar uma pergunta, eu leio sempre todos os e-mails, e eles são combustível e inspiração para os conteúdos aqui do blog.

Contato

Acompanhe e empreenda sua vida.

E-mail: [email protected]

Instagram: @isabellefeichas

#EmpreendaSuaVida #EmpreendaComBrilho