O artigo desta semana não poderia deixar de mencionar o imenso sucesso do comercial que despertou emoções em praticamente todo mundo que nasceu entre 1973 e 1987.

Foi criado um final (ainda que não oficial) para a épica Caverna do Dragão (se você não conhece esse foi um desenho animado que marcou aquela época e a gente a-m-a-v-a).

 

Os seis amigos Presto, Sheila, Hank, Diana, Eric e Bobby, que na verdade eram “sete”, afinal, o Uni nunca foi deixado para trás, já estavam presos na dimensão do Vingador há mais de 30 anos (se contarmos desde a sua primeira exibição no Brasil até os dias de hoje).

Durante todos os episódios do desenho eles tentavam voltar ao parque de diversões onde estavam quando tudo começou, mas nunca haviam conseguido, pois sempre acontecia algo e danava a conquista.

Na semana passada o “final”do desenho finalmente foi apresentado. A Renault, em seu comercial do novo Kwid Outsider (que tem o melhor GPS do mundo rsrsr) trouxe todo mundo de volta para casa como, creio eu, todos os fãs ansiavam.

E, brincadeiras e saudosismo a parte, aqui temos duas lições inteligentes:

A primeira é de marketing

O comercial, muito bem produzido, virou conversa em todo lugar e seu vídeo oficial no YouTube já ultrapassou 25 MILHÕES de visualizações (pensa nesse número!!, quer marketing melhor??). Ou seja, cumpriu com maestria seu papel de passar sua mensagem com em mega entretenimento, repleto de criatividade na hora de mostrar as vantagens do produto e direcionado ao seu público consumidor. (É muita competência mesmo, parabéns Renault e todos os responsáveis por esse sucesso – minha admiração!!).

A segunda lição é da importância da ação

Escolher ficar passivamente idealizando um final, aguardando aquele que supostamente deveria tomar uma atitude, se prender na expectativa não trará o que se deseja ou necessita. O negócio é agir como a Renault, ir lá e fazer acontecer, quem sabe seja só isso o que falta para a grande virada da sua vida?

Então agora vai lá, coloca a mão na massa, e compartilha comigo se você curtiu essa leitura é só clicar em: http://bit.ly/WhatsDaIsabelle e me enviar sua mensagem (também pode enviar dúvidas e sugestões).

Para dar um fim épico ao artigo (menos Isabelle, menos rsrsrrs) uma pergunta poderosa:

O que mais é possível que ainda não considerou?

Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!