Muitas vezes ao desejar mudar, construir, começar ou mudar algo acabamos construindo morros altos do que, de forma equivocada, acreditamos que é necessário para algo.

Na realidade é a constância de coisas simples que têm o poder de virar o jogo da sua vida, da sua empresa, dos seus relacionamentos. É muito mais o fazemos no dia a dia, do que a realização de grandes atos.

Permitir-se, nem que seja durante poucos minutos por dia, sair da mecanicidade de acordar, trabalhar, voltar pra casa, comer, ver televisão e dormir, tendo como meta chegar no próximo feriadão para somente então fazer algo diferente, que dê prazer, ou até mesmo aquilo que vem adiando.

Imagem: Pixabay

Arrumar um armário inteiro, por exemplo, pode ser feito gaveta a gaveta, pilha por pilha de roupa, e essas, individualmente não ocupam grandes espaços de tempo.

Mas dá pra investir em atividades que melhoram seu dia? Claro! Comece a testar coisas mais simples que te tragam alegria em realizar.

Existem infinitas possibilidades, desde ouvir músicas divertidas, ler 3 páginas de um livro que você gosta, a dançar e cantar no chuveiro em vez de apenas tomar banho.

Pode escolher junto com as alegrias rápidas também fazer coisas que irão te trazer uma conquista maior a longo prazo.

Se deseja estudar para realizar uma prova, um projeto, um novo trabalho, comece com poucos minutos por dia, por semana que seja, mas comece a colocar as pequenas e simples atitudes em andamento para chegar lá.

Fato: se você pensou… “ahhh, mas vai levar X meses ou X anos” te afirmo com toda certeza que o tempo vai passar você fazendo ou não.

Portanto, faça, não se apegue ao todo, faça apenas a pequena parte daquele único dia, e assim por diante, um pé em frente ao outro.

Agora seja sincero com você e comigo, um único passo é bem mais fácil do que o todo.

Você não precisa assistir todos os dias uma mesma fita (o conhecimento do vídeo-cassete denuncia a idade rsrsr), mas somente você pode mudar o roteiro do filme. Não é sua família, seu marido/esposa, seu companheiro, seus amigos, É VOCÊ.

E nem se venha (sim, eu quis dizer isso mesmo, “nem se venha” rsrs) criar desculpas para si mesmo, falar que custa dinheiro ou outro blá blá blá.

Nós vivemos na era do Google e do YouTube, ou seja, temos uma infinitude de conteúdos, cursos, tutoriais, materiais de estudo, livros etc, grátis e disponível 24 horas para praticamente qualquer coisa que pudermos imaginar. (ok, não dá pra cursar medicina pela internet, mas dá pra estudar pro vestibular)

Quem sabe onde isso pode te levar? Eu não sei (não

tenho uma bola de cristal rsrsr), mas sei de uma coisa, nada muda se não mudarmos a nós mesmos.

Vamos à nossa clássica pergunta:

Qual montanha você criou que vai transformar em um simples primeiro passo?

Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!