Calma, o Empreenda não virou blog de culinária… até porque o artigo de hoje vem contar sobre os desastres na cozinha que viraram um grande sucesso.

É isso mesmo que você leu! Um grupo de 7 amigas criou um perfil no instagram para compartilhar suas obras culinárias e a diversão com suas frustradas tentativas na cozinha durante a quarentena (muitas poderiam ser consideradas criações dignas de filme de terror dos anos 90 rsrsrs). O que elas não esperavam era que sua iniciativa iria gerar tamanha repercussão.

Hoje o perfil @chefsnaquarentena já conta com mais de 168 mil seguidores e muuuuitas obras dignas de altas gargalhadas.

Instagram.com/chefsnaquarentena

Aqui em casa a gente riu de perder o fôlego ao visitar o perfil, e também por lembrar de quantas peripécias já foram nossas… como os biscoitos que na hora de assar viraram unidos venceremos, ou a famosa “costela quebra queixo” que meu marido fez na air fryer no início do nosso casamento rsrsrs.

No perfil Chefs na quarentena tem pães para todos os gostos e formatos, atividade paranormal nas caldas, brigadeiro explosivo, pudins indescritíveis, suspiros em formatos “inéditos”, ping-pong de pão de queijo e muito mais.

Então se quer dar umas boas risadas, acessa o @chefsnaquarentena que a diversão é garantida.

E se, por acaso, fizer alguma obra prima aproveita para fotografar, filmar e enviar para elas, assim você também pode figurar no hall da fama da gastronomia (ou, no caso, da desastronomia).

Aproveito para deixar uma excelente reflexão: Errar também pode ser uma forma de dar certo!

Me conta se curtiu esse artigo é só clicar no link http://bit.ly/WhatsDaIsabelle e enviar sua mensagem.

Se quiser acompanhar mais me segue no instagram @isabellefeichas ou pelo link https://www.instagram.com/isabellefeichas/.

Que a vida seja sempre uma oportunidade de rir dos próprios erros e de enxergar o melhor em todas as situações.

Até a próxima!

 


Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!

Contato: [email protected]