A Black Friday é um feriado tradicional nos Estados Unidos voltado a grandes ofertas e descontos no comércio, abrindo a temporada de vendas para o Natal.

Ela acontece toda quarta sexta-feira do mês de novembro, pois é sempre no dia seguinte ao Thanksgiving Day (Dia de Ação de Graças – celebrado pelos americanos com festa, reunião dos amigos e familiares em gratidão à Deus pelas bênçãos recebidas e pelos bons acontecimentos do ano – acho super fofo!).

Há alguns anos, pelo que lembro desde 2010, o Brasil vem aderindo às promoções do comércio desta data, promovendo ofertas e descontos que podem chegar a 80%.

Consumidores antecipam as compras da Black Friday em unidade do Hipermercado Extra na Ricardo Jaffet, em São Paulo (SP) – Foto Estadão – Arquivo Banda B/2017

 

De 2017 para cá tem até lojas que inventaram a black week, dando uma semana inteira de descontos. E também tem as mais criativas que modificam o nome para ter mais a ver com sua marca, como a pink week das Lojas Daju aqui em Curitiba.

É claro que com todo o marketing que acontece em torno da data todos nós ficamos mais propensos a comprar, afinal quem não gosta de fazer render mais seu dinheiro?

Mas cuidado!!! Nem sempre essa economia é real, algumas lojas (infelizmente) jogam sujo e fingem descontos, aumentando o valor dos produtos dias antes da promoção.

Também se corre o risco de comprar coisas absolutamente desnecessárias que geram arrependimentos e dívidas depois… quem nunca?

Então, como comprar certo na Black Friday?

Eu criei um questionário que usamos aqui em casa, são 5 perguntas simples que você deve responder, sendo honesto consigo mesmo, antes de efetuar sua compra.

1- Eu tenho o dinheiro necessário para fazer esta compra sem entrar em dívidas? (se a resposta for não… saia correndo e esconda o cartão de crédito de si mesmo até a vontade passar rsrsrs)

2- Eu realmente preciso comprar este produto? Em que ele vai ser útil? (se a resposta for não, vale a mesma recomendação acima caro leitor. E se precisar continuar no shopping siga sem olhar para trás.)

3- Antes de comprar eu pesquisei os preços de outras lojas? Realmente essa é a mais barata? (se não conferiu, sempre é tempo, a não ser que você goste de encontrar o mesmo produto pela metade do preço depois de pagar – ninguém merece!)

4- O desconto oferecido é verdadeiro, ou apenas um falso desconto para enganar o consumidor e vender mais? (pesquisar é a essência, preferencialmente nas semanas anteriores à Black Friday!)

5- Este produto tem a qualidade que eu preciso? (não adianta comprar coisas que vão quebrar em uma semana, mesmo que você pague baratinho, não importa se são 10 reais, é seu dinheiro e você batalhou por ele, lembre sempre disso!)

Espero de coração que essas dicas ajudem você a economizar e manter a saúde financeira do seu bolso na Black Friday.

Aqui em casa eles nos fizeram economizar e nunca mais cair nos mesmos erros… E antes que você fique na dúvida, sim, as perguntas nasceram porque já pisamos na bola… quem nunca?

E a pergunta da sua coach para você é:

Você gasta seu dinheiro de maneira consciente? (peguei pesado né? – mas com amor, afinal, todos precisamos cuidar do nosso dimdim para viver com equilíbrio financeiro… não dá pra pagar conta com sorrisos, a não ser que você seja modelo de pasta de dentes hehehe)

Contato:

Me acompanhe e empreenda sua vida.

Gostou desse artigo? Manda um e-mail contando para mim, quero ouvir a sua opinião.

Pode enviar também sua dúvida ou comentário, quem sabe posso fazer dela o tema de um artigo do blog!

Contato: [email protected]

Ou pelo instagram: @isabellefeichas

#EmpreendaSuaVida #Empreendedorismo #EmpreendaComBrilho #Disney #MelhorAno #Trabalho #Paixão