Foto ilustrativa – https://autismoconsejospracticos.com/transtorno-de-aprendizagem/

Atualmente o diagnóstico do autismo tem sido cada vez mais precoce. Com bastante atenção ao desenvolvimento infantil, é possível identificar características concernentes ao TEA antes dos dois anos de idade.

Dos 6 meses até os 12 meses do bebê é possível observar e avaliar os seguintes comportamentos:

  • O olhar do bebe acompanha quando você move algum objeto lúdico em
    frente ao rosto do menor?
  • Quando você está falando com a criança e se movimenta, ela
    acompanha com o olhar?
  • Quando você aponta por exemplo para um carrinho próximo da criança,
    ela segue o que você apontou?
  • A criança consegue ser responsiva quando você está brincando com
    ela?

Com 9 meses é importante avaliar a presença da atenção compartilhada. Ou seja, compartilhar a atenção a respeito de um objeto com você. Triangular a atenção criança-objeto-cuidador. Ex. A criança percebe e aponta para um determinado brinquedo e em seguida olha para você.

A estimulação/intervenção com bebês, tem como principal objetivo o coaching parental. Orientar aos pais/responsáveis/cuidadores, a como estimular a criança adequadamente e em todos os ambientes vivenciados pelo infante ex: banho, momentos de alimentação, no chão – ao brincar, etc.

Por fim, não podemos deixar frisar: Quando há o diagnóstico precoce do TEA o prognóstico (desenvolvimento futuro) é muito positivo. Portanto, tenham atenção ao desenvolvimento infantil. Destaco ainda, se existem sinais no bebê que chamam a atenção, não espere o tempo passar!

Autoras do Blog:

Ana Valéria Souza

Fonoaudióloga formada pela PUC-PR.
Fonoaudióloga Clínica desde 2000 atuando com intervenção nos distúrbios da comunicação. Fonoaudióloga Educacional desde 2008 desenvolvendo projetos de prevenção, triagens, formação de professores e orientação aos pais. Premiada pelo Sindicato das Escolas Particulares do Paraná pelo projeto “Crescendo e Aprendendo”(2015).
CRFa 7370-PR.

Marini Fussek

Fonoaudióloga, Especilista em Linguagem, Especialista em Distúrbios da Comunicação, Neuropsicopedagoga, Mestre em Educação, Fonoaudióloga clínica, Professora de Pós Graduação.
CRFª 4047.

Yasmine Hernandes David João

Psicóloga formada pela Universidade Positivo.
Psicóloga clínica, trabalha com crianças e adolescentes. Atua com transtornos geralmente diagnosticados pela primeira vez na infância ou adolescência.
CRP-08/24131.