Sono das crianças – Foto pública

Quando falamos a respeito dos transtornos do neurodesenvolvimento, escutamos muitos pais preocupados com a dificuldade de sono do seus filhos, com os despertares espontâneos durante a noite.

Para auxiliar o processo do sono, nós terapeutas orientamos aos familiares para que façam uma limpeza do sono, objetivando a qualidade do descanso.

Estudos mostram que no período noturno quanto maior a incidência da luz azul (luz emitida por tablets, celulares, televisores) e quanto maior a exposição da criança a essa luz, ocorrerá a diminuição da produção e liberação de melatonina (hormônio produzido na glândula pineal no centro do cérebro).

A melatonina é responsável pelo controle do ciclo circadiano – período de vigília e sono, é o hormônio que coordena esse processo.

Conforme vai anoitecendo os índices de melatonina tendem a subir “enviando uma mensagem” ao cérebro, ao organismo sinalizando que é
o momento de dormir.

Portanto, com a exposição da criança a luz azul ocorre uma inibição de melatonina e a criança perde o sono. Sendo assim, orientamos a higiene do sono. Por volta das 19/20h é importante diminuir os estímulos, desligar as fontes de luz azul (tablet, celular e televisores), mantendo a rotina de tomar banho, colocar o pijama e possibilitar refeições leves, proporcionado dessa forma uma noite com qualidade.

Autoras do Blog:

Ana Valéria Souza

Fonoaudióloga formada pela PUC-PR.
Fonoaudióloga Clínica desde 2000 atuando com intervenção nos distúrbios da comunicação. Fonoaudióloga Educacional desde 2008 desenvolvendo projetos de prevenção, triagens, formação de professores e orientação aos pais. Premiada pelo Sindicato das Escolas Particulares do Paraná pelo projeto “Crescendo e Aprendendo”(2015).
CRFa 7370-PR.

Yasmine Hernandes David João

Psicóloga formada pela Universidade Positivo.
Psicóloga clínica, trabalha com crianças e adolescentes. Atua com transtornos geralmente diagnosticados pela primeira vez na infância ou adolescência.
CRP-08/24131.

*Especialização em Educação Especial Inclusiva com Ênfase em Autismo – cursando.