A Fonoaudiologia busca auxiliar pais e educadores na estimulação da fala e linguagem. Os estudos sobre o desenvolvimento infantil comprovam que um ambiente rico em estratégias eficientes e estímulos adequados fazem diferença na aprendizagem de novas palavras e na clareza com que a criança consegue se expressar.

Imagem ONG Oca

Em período de férias escolares irmãos convivem por mais tempo juntos e deveriam colaborar para as conquistas linguísticas mutuamente. Contudo, observo que normalmente os irmãos mais velhos infantilizam ainda mais os caçulas. Papais e mamães preferem os programas em que todos estão juntos e não percebem o valor das conversas “em separado”, entendendo e valorizando a etapa de desenvolvimento de cada filho individualmente.

O irmão mais velho é um modelo importante de comunicação e algumas dicas podem ser úteis para que os estímulos ofertados sejam mais eficientes:

* Programas com o papai ou com a mamãe: Nada mais divertido que contar para o irmão mais velho o passeio que fez com a mamãe/papai. A escuta será o incentivo para falar corretamente e com riqueza de detalhes.

* Sem intérpretes: A fase de falar errado é comum a todas as crianças e o estranhamento do interlocutor auxilia na busca por acertos. Quando perguntamos O que? Como? Onde? Ou Não Entendi! Ajudamos na construção de um repertório de comunicação funcional. Falar pela criança para ajuda-la a ser compreendida pode atrasar o processo de evolução tanto dos fonemas quanto do uso de frases completas.

* Hora da leitura: Ler para o irmão mais novo é um momento de grande valor afetivo, além de promover ganhos para o desenvolvimento da linguagem.

Os pais reconhecem as características e o potencial de cada filho e poderão mediar a relação fraterna favorecendo o percurso individual de cada um.

Autoras do Blog:

Ana Valéria Souza

Fonoaudióloga formada pela PUC-PR.
Fonoaudióloga Clínica desde 2000 atuando com intervenção nos distúrbios da comunicação. Fonoaudióloga Educacional desde 2008 desenvolvendo projetos de prevenção, triagens, formação de professores e orientação aos pais. Premiada pelo Sindicato das Escolas Particulares do Paraná pelo projeto “Crescendo e Aprendendo”(2015).
CRFa 7370-PR.

Yasmine Hernandes David João

Psicóloga formada pela Universidade Positivo.
Psicóloga clínica, trabalha com crianças e adolescentes. Atua com transtornos geralmente diagnosticados pela primeira vez na infância ou adolescência.
CRP-08/24131.