Sergio Brandão é jornalista há 43 anos, com passagem pelas principais emissoras de tv, rodou o Brasil por conta da profissão. O jornalismo que ensina a olhar as coisas com olhos diferentes, para Brandão é um exercício diário. Sempre com uma narração leve e didática, às vezes romanceada, conta histórias da vida, num cotidiano de todos, mas que também servem de espelho. Coisas da vida, do nosso dia a dia, que encontramos numa interpretação semanal, vista com olhos de quem vê a vida por um viés que às vezes passa batido. Um bom momento para aqui no Blog, ver uma vida contada em textos.


02 de janeiro, 2020

“Foi feliz o seu Natal”?

  Ainda não tinha ouvido assim, em tom de pergunta. Nunca ouvi ninguém perguntar pra ninguém assim, se seu Natal…

24 de dezembro, 2019

Natal

-Mãe, hoje que é o dia de Natal? -Não filho, amanhã! – Mas por que é hoje que fazem a…

18 de dezembro, 2019

Meus monstros

  Os meus problemas se perdem nas neuroses e ganham em tamanho. A luta passa a ser a tentativa de…

11 de dezembro, 2019

Luta desigual

    O sinal vem com o choro da Helena, anunciando a presença do inimigo na cozinha de casa. Corro…

28 de novembro, 2019

Luz

Tem quem deseja” luz” aos outros, com ar de superioridade, como se fosse o exemplo a ser seguido, como se…

18 de novembro, 2019

Em nome da rivalidade

  Luiz mora em União da Vitória. Nasceu e morou em Curitiba durante anos. O futebol está entre suas paixões….

04 de novembro, 2019

O noticiário de sempre

O noticiário da televisão anda com cara do dia anterior, da semana anterior, do mês anterior, do ano anterior e…

28 de outubro, 2019

Com sigilo absoluto

*Todos os nomes aqui mencionados, são fictícios. – Teatro Guaíra, por favor! – No grande ou pequeno auditório? – Não…

22 de outubro, 2019

Me livrei do futebol

Tive três experiências no futebol. Como garoto apaixonado que sempre fui, como editor de esporte/repórter e como blogueiro de site…

07 de outubro, 2019

De repente… ela cresceu!

Pai, pega meu sutiã que está no corrimão da escada e traz pra mim!? Engulo seco, levo uns 10 segundos…

19 de setembro, 2019

“Meia boca”, mas de volta!

  Depois de algum dias ausente, estou de volta. Imposições da vida, contingências, falta de inspiração, classifique como quiser. O…

23 de julho, 2019

O cobrador de ônibus

“Tô me sentindo como amante que apanha, é desprezada, e ainda volta atrás de seu amor” – disse o cobrador…