Campus Rebouças da PUCPR.

O retorno está planejado para cursos de Medicina, Enfermagem e algumas engenharias – que demandam aulas práticas para garantir a formatura.

As aulas presenciais nas  universidades, em Curitiba, ainda são uma grande incerteza. Na PUCPR,  por exemplo, algumas decisões foram tomadas sobre parcial volta às aulas, em função de cursos que terão de ministrar um determinado número de aulas praticas para só então poder conferir diploma. É o caso dos cursos de Medicina e Enfermagem e alguns ramos da
Engenharia.

Em princípio, esse retorno às aulas está marcado para dia 28 deste setembro, nos campi Rebouças (Curitiba), Londrina, Maringá e Toledo. Mas tudo sempre s prenderá à decisão das autoridades sanitárias, segundo informa fonte da universidade pontifícia.

A PUCP`R, em seus  cursos de graduação e pós graduação, presenciais, semi-presenciais e EAD,contabiliza 25 mil alunos. Uma boa parte deles enquadra-se entre os que precisam de aulas práticas em finais de curso para  diplomarem-se.

A universidade vive uma nova realidade em sua história, a das aulas online,  que continuarão ou não conforme a determinação das autoridades sanitárias das quatro cidade em que tem ensino presencial.

 

“Planeta PUCPR

Há   22 anos,  o Planeta PUC tem ajudado vestibulandos a decidirem melhor sobre seu futuro por meio da escolha do curso universitário ideal para cada um. Em 2020 não poderia ser diferente. Este ano, porém, pela primeira vez a feira promovida pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) será realizada inteiramente online, a fim de respeitar as medidas de isolamento social impostas por conta da pandemia do novo coronavírus.

 

Como acessar

O evento poderá ser acessado tanto pelo desktop quanto por um aplicativo exclusivo, disponível na Google Play e na App Store a partir do dia 17 de setembro, de forma totalmente gratuita. No dia 19 do mesmo mês, professores e profissionais da PUCPR estarão disponíveis para interagir via chat e tirar dúvidas sobre todos os cursos ofertados pela Universidade, nos câmpus de Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo.

 

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.


Leia mais em www.aroldomura.com.br