Divulgação Vatican News

Além de interceder pelos brasileiros e por todo o mundo, o Papa Francisco fez a doação de 24 equipamentos de saúde para seis hospitais brasileiros, enviados através Esmolaria Apostólica do Vaticano e a empresa Hope Onlus Association.

 

Rio de Janeiro

Na Arquidiocese do Rio de Janeiro, a unidade contemplada foi o Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), que recebeu quatro ventiladores e um aparelho de ultrassom. O mesmo foi visitado pelo
Pontífice, em 2013, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude.  A entrega oficial dos aparelhos aconteceu durante uma cerimônia na praça do hospital, seguida de uma missa presidida pelo arcebispo do Rio,cardeal Orani João Tempesta, na manhã do último dia 30 de agosto.

“Rezamos na intenção de todos os benfeitores que tornaram possível a doação desses equipamentos. Graças à intercessão do Papa Francisco e a sua preocupação com o mundo inteiro, muitos lugares do mundo recebem esses aparelhos. E, hoje, nós também somos contemplados, através da Hope
Onlus Association, que tem trabalhado para responder aos apelos do Pontífice”, afirmou o cardeal.

 

Entrega dos equipamentos

Na ocasião, dom Orani ressaltou que “o Santo Padre tem atuado em várias frentes do mundo inteiro, com doações em dinheiro e materiais. Os respiradores são aparelhos que o Pontífice tem enviado para muitos
países. É uma alegria poder ver a benevolência do Papa e da empresa Hope, a qual financiou os aparelhos”, disse.

Na local, também estiveram presentes os emissários do Papa Francisco e representantes da Hope, Paolo Tachine e Antonio Guizzetti. “Esse é o final de uma história de solidariedade com três protagonistas
importantes: os bispos do Brasil, que evidenciaram necessidade de equipamentos para o país; o Papa, que entendeu a solicitude dos bispos, e a Hope, que foi o instrumento operacional para realizar essa missão.

Agradeço aos filantropos italianos que possibilitaram a compra das máquinas mais sofisticadas do mercado. Esses aparelhos podem ajudar a salvar vidas, isso para nós é um orgulho. Além disso, esse é um hospital
que faz muito com pouco. Agradeço a todos pela ajuda que é muito preciosa para o Rio de Janeiro”, apontou Guizetti.

 

Tempo de milagres

Representando o corpo clínico do hospital, o médico Pedro Tibúrcio destacou que “por meio de equipamentos, os pacientes terão a saúde garantida, mas através de pessoas, terão a experiência contínua do amor. Recebemos, com muita alegria, os aparelhos e nos comprometemos em transformar ainda mais a saúde neste hospital. Esses aparelhos significam que não podemos parar, que fomos lembrados disso por um papa tão querido que tem transformado o mundo.

 

Do Vatican News

 

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.


Leia mais em www.aroldomura.com.br