Em sessão do Congresso Nacional nesta quarta-feira (19), os senadores derrubaram o veto presidencial que impedia reajustes salariais e contagem de tempo de serviço para profissionais de segurança pública, saúde, e educação durante a pandemia de Covid-19. O dispositivo (VETO 17/2020) ainda será analisado pela Câmara dos Deputados.

O Senador Oriovisto foi o único senador do Paraná que votou pela manutenção do voto do presidente. Dos 81 senadores, apenas 30 votaram pela manutenção do veto – Oriovisto foi um deles, justificando seu voto no vídeo abaixo. Os outros 51 entenderam que aos servidores da saúde, da segurança pública, Forças Armadas, peritos, agentes socioeducativos, profissionais de limpeza urbana, de serviços funerários, de assistência social e da educação pública deve ser assegurado o direito a reajustes salariais em 2021.

Assista:

 

 

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.


Leia mais em www.aroldomura.com.br