Ratinho Junior deixou assunto em compasso de espera. No fim, fez prevalecer sua vontade.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior indicou nesta segunda-feira (9) a advogada Priscilla Placha Sá para o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR). (Foto: Rodrigo Felix Leal)

 

A advogada Priscilla Placha Sá é a nova Desembargadora do Tribunal de Justiça, nomeada que foi pelo Governador Ratinho Júnior a partir de lista tríplice composta pelos também advogados Alexandre de Quadros, ex Diretor Secretário da OAB-PR até dezembro último, e Sandro Marcelo Kosikoski, ex Procurador Geral do Estado no curto governo de Cida Barros. A nova Desembargadora ocupará a vaga destinada ao quinto constitucional, aberta com a morte do Desembargador Cláudio Andrade.

OBSERVAÇÃO

É a primeira designação do atual Governador que, com bastante prudência, deixou o assunto em compasso de espera por duas semanas.

Observou as bem definidas e claras pressões de apoios a cada um dos candidatos. Com desenvoltura, fez prevalecer a sua vontade, independente do lugar ocupado por cada um dos aspirantes na lista tríplice envida pelo TJ.

Decidido o nome, a advocacia e a magistratura paranaense convergiram para o veredito: “o TJ ganhará uma profissional completa”, observa ainda Coelho Junior, “é voz corrente”.

CURRÍCULO

Formada em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba (1999), Priscilla Placha Sá é especialista em Direito Processual penal, Mestre e Doutora em Direito, exercendo a cátedra na graduação e pós-graduação nas escolas de Direito da PUC-PR e UFPR.

Sua folha de serviços à Advocacia também é expressiva, tendo sido conselheira estadual titular da OAB/PR (2007-2009/2010-2012), presidente da Comissão de Direitos Humanos (2010), presidente da Comissão da Advocacia Criminal (2013-2015), presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas Profissionais (2016-2018) e membro das Comissões da Criança e do Adolescente (2016-2018).

EXCELENTE

“O quinto constitucional da advocacia estará fortalecido com a presença da Dra. Priscilla. É uma pessoa que conhece a realidade da advocacia e que prestou inúmeros serviços à OAB, notadamente na área de prerrogativas profissionais. Essa experiência levará ao TJPR, com certeza, novas ideias e o sentimento dos advogados e advogadas que militam diariamente na promoção da Justiça. Queremos cumprimentar também os demais concorrentes que disponibilizaram seus nomes para essa escolha. A OAB formou uma excelente lista, capaz de dignificar nossa representação”, destaca o presidente da seccional, Cássio Telles.

OPINIÃO DE COELHO JR.

Já o presidente do Colégio de Presidentes dos Institutos dos Advogados do Brasil, Hélio Gomes Coelho Jr., acresceu: “Priscilla é exemplo da boa Advocacia, pois conjuga as três competências, a técnica, a comportamental e a conceitual, à perfeição. Tive o privilégio de compartir com ela a bancada do Conselho Estadual da OAB, de 2007 a 2012.”

Clique aqui para ler a coluna completa do blog Aroldo Murá.