Ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello avisou a auxiliares que não pretende usar o gabinete ministerial, no quinto andar da sede da pasta, em Brasília. Segundo assessores, o militar disse que seguirá usando a sala de secretário-executivo, no terceiro piso. Embora seja um dos cotados para suceder a Nelson Teich definitivamente, o nome de Pazuello enfrenta resistência de seus próprios colegas generais. Tanto os ministros que dão expediente no Planalto, quanto o titular da Defesa, Fernando Azevedo, e até o vice-presidente Hamilton Mourão.

 

2 Sociedade suspeita

Maressa Crivella, nora do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, do Republicanos, é sócia do empresário Leandro Braga Sousa, preso na última quinta-feira, 14, por supostos desvios de 3,95 milhões de reais na Saúde do estado do Rio. Eles constituem juntos uma empresa nos Estados Unidos: a LP Participações LLC. Criada em junho de 2018, ela fica em uma rua residencial de casas térreas, em Orlando, na Flórida. Também dono da LP Farma, Leandro Braga Sousa é apontado como operador de desvios no Instituto Data Rio, contratado para administrar Unidades de Pronto Atendimento. Somente entre 2012 e 2019, a entidade recebeu 763 milhões de reais da Saúde do estado.

 

3 Nem 1/3

O Ministério da Saúde informou na noite desta segunda-feira, 18, que até agora entregou somente 823 dos 2.600 respiradores prometidos para este mês. Dos materiais enviados aos estados, 266 foram repassados no último fim de semana. O secretário-executivo adjunto da pasta, Élcio Franco, admitiu dificuldades na compra dos equipamentos em meio à pandemia do novo coronavírus. Questionado se o ministério conseguiria cumprir o cronograma de entregas, Élcio afirmou que o anúncio inicial, feito na última semana pelo atual ministro interino, Eduardo Pazuello, trata-se de um “planejamento”.

 

4 Câmara com Covid-19

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do PSB, informou na noite desta segunda-feira, 18, que foi diagnosticado com o novo coronavírus. Em um vídeo publicado no Twitter, ele disse ter se submetido aos exames após apresentar “sintomas gripais” pela manhã.

Câmara afirmou que vai iniciar “um isolamento rígido, tomar todas as precauções necessárias e seguir todas as orientações médicas”.

(revista Crusoé)

Governador Paulo Câmara (José Cruz/Agência Brasil)

Laudo do teste de coronavírus
Leia mais em www.aroldomura.com.br