Rones: morte (Foto: Gazeta do Povo)

 

Um dos mais expressivos artistas plásticos da geração 60/70, Rones Dumke morreu nesta sexta, 31, em Curitiba, no hospital onde estava internado.

Com Bia Wouk. Carlos Eduardo Zimmermann e Osmar Chromiec, Rones esteve sempre entre os grandes de sua geração. Foi dono de apreciável técnica de desenho.

Nos anos 70, na Galeria do CCBEU – de cuja direção eu participava com Layla Cury, Adalice Araujo, Ennio Marques Ferreira e Alberto Massuda -, Dumke fez uma importante mostra individual, histórica.

Para ler a coluna completa do Blog Aroldo Murá, clique aqui.