General Silva e Luna: “Foz está preparada”

Número representa a retomada do turismo no Destino Iguaçu, embalado pela campanha Vem pra Foz 

O Complexo Turístico Itaipu (CTI) deve receber 4.819 pessoas nos três dias do Feriadão da Padroeira do Brasil, entre sábado (10) e segunda-feira (12), Dia de Nossa Senhora da Aparecida. O número inclui os três atrativos em funcionamento: Itaipu Panorâmica, Ecomuseu e Refúgio Biológico Bela Vista (RBV). A visitação marca a retomada do turismo na cidade: em setembro, 10.148 turistas passaram por Itaipu.

Para receber os turistas, o CTI vai ampliar o atendimento. A visita Itaipu Panorâmica, que tem saídas diárias a cada hora em dias comuns, aumentou para cada meia hora, das 9h às 17h, durante o feriadão. Ecomuseu e RBV, que não abrem na segunda-feira, estarão em funcionamento no dia do feriado. O Ecomuseu atende das 10h às 17h e o RBV terá seis horários ao longo dos dias.

“Este feriado vai ser a prova de que Foz do Iguaçu está preparada para retomar o turismo em maior escala. Quem vier, irá contar para os outros que em Foz há segurança sanitária, bom atendimento e atrativos que só existem aqui”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, Joaquim Silva e Luna.

Turismo em Foz

O Parque Nacional do Iguaçu, carro-chefe do Destino Iguaçu, está preparado para receber uma grande visitação no Feriado da Padroeira. O atrativo vai abrir na segunda-feira, excepcionalmente para o feriadão. O atendimento acontece entre 8h e 17h.

Em relação à rede hoteleira, espera-se uma ocupação média de 38,7%, o que demonstra o crescimento do setor – no auge da pandemia a ocupação não passava dos 5%. Hotéis 5 estrelas devem atingir ocupação de 62,9%. Já os de 2 estrelas terão 25% de ocupação, segundo as estimativas.

(Assessoria de Comunicação de Itaipu)

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Banda B.


Leia mais em www.aroldomura.com.br