Ilana Lerner presidiu júri | Guido Viaro: primeiro prêmio romance

A Biblioteca Pública do Paraná (BPP) anunciou na última sexta-feira (27) os títulos dos livros vencedores da primeira edição do Prêmio Biblioteca Digital. Criado para fomentar a produção e circulação de livros inéditos no formato de e-book, o concurso selecionou obras de autores de todo o país em quatro categorias (Romance, Conto, Poesia e Infantil). Veja abaixo o resultado:

Romance

1˚ lugar: O Cubo Mágico, de Guido Viaro (Curitiba – PR)  2˚ lugar: Tapiribi — Margens Penadas, de Rodrigo de Jesus Quintiliano (Curitiba – PR)  3˚ lugar: A Canção de Variata, de Helton Timoteo (Rio de Janeiro – RJ)

Conto

1˚ lugar: Quando Perdemos o Norte, de Leonardo Gomes Nogueira (São Paulo – SP)  2˚ lugar: Azul, Violeta, de Eduardo Coletto Furlan (Rio de Janeiro – RJ)  3˚ lugar: Uns, de José Roberto Torero (São Paulo – SP)

Poesia

1˚ lugar: Pangeia: A Etimologia do Ser,  de Mariana da Rocha Basílio (Bauru – SP) 2˚ lugar: Não Há Dezembro Neste Breu, de Alexandre Gaioto (Maringá – PR)  3˚ lugar: A Cor da Gema, de Isabela Romeiro Vannucchi (Uberaba – MG)

Infantil

1˚ lugar: Os Bichos Falam Português, de Alécio Donizete da Silva (Cuiabá – MT) 2˚ lugar: Achados e Perdidos, de Lindomar da Silva (Belo Horizonte – MG) 3˚ lugar: Um Labirinto Labiríntico, de Jacques Fux (Belo Horizonte – MG)

Os três primeiros colocados de cada categoria receberão prêmios em dinheiro: R$ 10 mil (primeiro lugar), R$ 5 mil (segundo lugar) e R$ 3 mil (terceiro lugar). Os 12 livros vencedores formarão uma coleção e serão disponibilizados para download gratuito no site da BPP. O lançamento acontece no dia 8 de dezembro, em uma live com a participação dos primeiro colocados de cada categoria, durante a Flibi, a festa Literária da Biblioteca Pública do Paraná.

O Prêmio Biblioteca Digital recebeu 1.225 livros, que foram julgados por uma comissão formada por escritores, editores, críticos, jornalistas e professores universitários. Deonísio da Silva e Luiz Rebinski foram os jurados da categoria Romance. Julie Fank e Marcos Losnak escolheram o melhor livro de contos. Sandra Stroparo e Guilherme Gontijo Flores analisaram as obras de poesia. Marta Morais da Costa e Juarez Poletto apontaram os melhores trabalhos voltados para o público infantil. O júri foi presidido pela jornalista Ilana Lerner, diretora da BPP.

Leia mais em www.aroldomura.com.br