Empresa familiar dos Bonin, em Pinhais, só é menor do que duas multinacionais.

Newton Bonin, fundador da Beauty Color (crédito: Suzana Kasteller)

Newton Bonin com o filho Fabrício Bonin (crédito: Suzana Kasteller)

Em Pinhais, numa área de 20 mil metros quadrados, funciona a terceira maior indústria instalada no país voltada à produção de cosméticos, a Beauty Color, com 500 funcionários, uma centena de grandes distribuidores no país, e milhares de pontos de venda.

Poucos sabem, mas se trata de empresa familiar – de Newton Bonin e filhos -, sendo a terceira maior empresa desse segmento no Brasil. As duas primeiras são multinacionais, e a Beauty é de capital 100 nacional.

 

ESTACA ZERO

Bonin começou da estaca zero, inspirado em pequena empresa de cosméticos do pai, fornecedora para a Niasi. Hoje sua corporação deve significar, por baixo, faturamento anual de R$ 200 milhões, números estimados dessa empresa cujo valor de mercado pode andar nos R$ 750 milhões.

Vista da Beauty Color

NA POLÍTICA

Newton Bonin, um típico empresário que se fez por si mesmo – “self made man” -, antes de envolver-se por inteiro em empreendimentos empresariais viveu experiências políticas: foi candidato a prefeito de Curitiba, em 1985, num duro pleito em que concorreu com Jaime Lerner, Roberto Requião, Paulo Pimentel, Edésio Passos. Tinha 25 anos.

Não fez feio: teve pouco mais da metade dos votos dados a Pimentel.

 

ANTIGO PDC

Amigos de Bonin querem vê-lo de novo na política, tal como fez quando criou as comissões provisórias do PDC (segunda fase, não o do atual PDC). Ele não diz não.

Está na espera.

Enquanto se declara homem afinado com a ideologia de direita e da prática de um cristianismo solidário com seus funcionários – exercendo corretas relações entre capital e trabalho – Bonin não se cansa de ressaltar suas admirações. Dos empresários de hoje em dia, todo louvor para o empreendedor Francisco Simeão Neto e seu projeto Bom Aluno. Dos homens públicos, Bonin aponta Ney Braga e Bento Munhoz da Rocha (in memoriam), Jaime Lerner, Paulo Guedes e Sergio Moro entre os presentes.

Seu braço direito é o filho, Fabrício Bonin, diretor administrativo da Beauty Color.

Bonin é um dos personagens de meu livro Vozes do Paraná 12, em preparação, a ser lançado em 12 de agosto na Sociedade Garibaldi, Curitiba.

Produtos Beauty Color

 

Leia mais em www.aroldomura.com.br