Neste final-de-semana, um quarteto de assessores muito selecionado, escolhido a dedo pelo alcaide Rafael Waldomiro deverá dar os retoques finais no “relatório sigiloso” que o prefeito encomendou ao grupo de extrema confiança dele, da chamada primeira dama, 76, e do “conselheiro” Giovanni Gionédis. O documento dirá como “o vice Pimentel se portou na interinidade”. Incluindo saber como conseguiu boa mídia em tão pouco tempo.

 

Prefeito Rafael Greca

O prefeito está de volta de suas férias romanas (lembram-se do romance “The Roman Spring of Mrs.Stone” de Tennessee Williams?), em que também achou tempo para sacrifícios espirituais na Semana Santa, segundo asseguram seus áulicos. Sem esquecer, claro, generosas gastronomias romanas cinco estrelas.

AS INFIDELIDADES ANOTADAS

O documento, que Waldomiro promete ler com lupa e discutir com decibéis nada polidos (como é de seu costume, herança de carcamanos de outrora, geralmente pobres e iletrados colonos), deve apontar como foi o comportamento do vice-prefeito na interinidade. Com detalhes. E indicar especialmente aqueles que se mostraram mais entusiasmados com a juventude, a boa educação e a sensibilidade de Eduardo Pimentel (que também é Slaviero).

DOIS VEREADORES NA MIRA

Sei que, pelo menos, dois vereadores estarão entre os “indiciados” pelos olheiros, além de cinco lideranças de bairros que, até dias atrás, faziam profissão de fé quase religiosa em torno dos feitos e parolagens de Rafael Waldomiro. Uma delas, da área do Boqueirão; outra, de Santa Felicidade. Aliás, os dois foram notados muito próximos do interino, em festa à italiana…

Um dos vereadores que entrou na mira dos avaliadores de Greca, era dado como possível aquisição para a chamada Base do Prefeito, assunto de que, preferencialmente, se ocupa Giovanni, dadas as muitas implicações que essas adesões extemporâneas geram …

PERDER PIMENTEL

Conselheiros como Giovanni Gionédis – que sempre enxergou longe, muito longe… – imaginavam ter afastado a possibilidade de Rafael Waldomiro perder de vez o apoio do influente grupo que o vice-prefeito lidera.

Isso se deu particularmente depois de o ‘staff’ prefeitural ter conseguido afastar a possibilidade de ruptura com o vice. Foi quando, a muito custo, e sob ampla e irrestrita operação de inteligência, as cabeças pensantes do prefeito conseguiram afastar Lucas Navarro de Souza, jovem, 28, protegido do alcaide, da verdadeira batalha que Greca de Macedo empreendia para guindá-lo ao cargo que fora de outro ‘águia’ de relações prefeiturais, o empresário João Alfredo Meyer Costa, que deixava a Chefia do Gabinete.

Lucas não foi sagrado chefe de Gabinete, no que contou com notórios opositores, como “aranha marrom” e outros condestáveis.

Há informações de que o staff de redatores do relatório sobre “comportamento de Eduardo Pimentel” envolve dois jornalistas, um advogado – e, correndo por fora – um secretário do Município.

E com palpites vindos de pressurosos titulares de cargos polpudos, interessados em mostrar serviço.

Leia a coluna completa aqui