Senhoras e senhores 

Assistimos essa semana mais uma queda de braço entre o Governo do Presidente Jair Bolsonaro e o Congresso Nacional. Nesse enfrentamento em questão estava em disputa a Reforma da Previdência.

Ganharam os senadores da República que deram um tombo em Bolsonaro e sacaram da reforma algo em torno de 76 bilhões de reais. Esse é o valor que os senadores dizem que Governo não vai economizar. Vamos fazer um reparo: Não é o Governo que vai deixar de economizar, é o povo brasileiro que vai deixar de ver investimentos em saúde, segurança, educação e infra-estrutura, para pagar mais impostos.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Esse tipo de enfrentamento tolo e fisiológico, é ruim para o país e para aqueles que vivem aqui, nós,  mortais; porque eles, lá em Brasilia, pensam que são outra coisa. Um parlamentar experiente, com mais de 4 mandatos e sempre muito próximo do Planalto, fez uma avaliação sobre a atual conjuntura. 

Para ele, o governo é inexperiente, com muita gente que não sabe o que está fazendo ou que faz errado por exercer o seu poder de forma cartorial. Pouco interessa a opinião do outro, manda quem pode e assim segue o baile. Por conta disso o Congresso Nacional,  que é sem dúvida o pior dos últimos tempos,  se sente independente do Governo. 

Para eles, Não ter nada,  tipo assim: cargo e obras; nesse momento parece ser um bom negócio para muita gente de Brasília. Assim, o Governo não faz maioria; fora que o fato de ter gente de pouca prática para comandar o rebanho governista.

Senadores e deputados travam batalhas para ter mais dinheiro do orçamento da União e de projetos do Governo. Deviam todos estar travando batalhas para tirar o Brasil do atoleiro. Quem ajuda o Brasil é o povo brasileiro, e não boa // parte da classe política. Digo isso porque no meio da confusão toda, aparece um monstrengo chamado Reforma Eleitoral.

Numa hora eles aumentam gastos, criam o Caixa 2 e e querem operar sem limite, na outra fazem uma manobra no Congresso de “não ter tempo para votar vetos”, porque a população caiu de pau e até Bolsonaro teve que ceder. Parece história de novela, pena que não é.

Será que a gente vive mesmo na Terra do Faz de Conta? Eles fazem conta que trabalham para o povo, e o povo faz de conta que acredita. Vamos ver na hora que acordarem e descobrirem que a Terra do Faz de Conta não existe.

Existe apenas um lugar chamado Brasil.

* Alexandre Teixeira
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná e pós graduado em gestão pela Fundação Getúlio Vargas.

Tem passagens por diversos veículos de comunicação, como TV Bandeirantes, TV OM (hoje CNT) e Gazeta do Povo, onde permaneceu por 11 anos.