Ela passou.

A Reforma da Previdência passou em primeira votação na Câmara dos Deputados.

Falta ainda votar os tais destaques, que ninguém sabe ao certo o que é, e ainda uma outra votação na Câmara e mais duas no Senado para entrar em vigor. Ter poder de Lei.

Mas na verdade o Brasil já deu um passo importante rumo ao futuro.

Sem dúvida é um avanço para o Brasil e para os brasileiros.

É claro que tem gente que não gostou, que está se sentindo prejudicada, mas a verdade é que a grande maioria dos brasileiros saiu ganhando.

Foto Luis Macedo – Ag. Câmara

Ganhando, não porque vai ter uma aposentadoria mais gorda. Saiu ganhando porque vai ter aposentadoria. Porque do jeito que as coisas estavam era uma questão de tempo para o sistema todo quebrar e dai, seria um Deus nos acuda.

Fico feliz com a aprovação da Reforma da Previdência. Mas triste e decepcionado pela maneira como ela foi aprovada.

Os deputados deram mais uma vez uma manifestação de desrespeito ao povo brasileiro. Na chantagem, na mão grande e na cara de pau, colocaram o governo na parede e conseguiram a liberação de bilhões de reais em emendas e projetos para os seus currais eleitorais.

Foram poucos, pouquíssimos mesmos, aqueles parlamentares preocupados com o futuro do nosso pais. A grande maioria fez o jogo do toma la, da cá. Ou aquele conhecido é dando que se recebe.

O nível do nosso Congresso talvez seja o mais baixo e medíocre da história do Brasil.

Mas teve gente que se superou. Teve gente que mesmo tendo passado por cargos públicos, como prefeito, votou contra a reforma. Sem dar explicação plausível, rasgando o diploma e a biografia. Eles sabem quem eles são e nos sabemos de uma coisa, não vamos nos esquecer daqueles que votaram com o futuro do Brasil. Prefiro não citar nomes. Deixo que cada um faça uma pesquisa e mate a sua curiosidade sobre os traidores da pátria amada Brasil.

Vamos torcer para que a três próximas votações da Reforma da Previdência ocorram sem sobressaltos e sem novas chantagens, para que o Brasil saia deste atoleiro.

O nosso país é grande, bonito, forte e rico.

O brasileiro é um povo trabalhador, esforçado, criativo e empreendedor.

Se eu pudesse pedir alguma coisa para a classe política seria: não nos atrapalhem, deixa a gente trabalhar em paz, que nós, não precisamos de vocês para colocar o Brasil em ordem.

*Alexandre Teixeira

Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná e pós graduado em gestão pela Fundação Getúlio Vargas.

Tem passagens por diversos veículos de comunicação, como TV Bandeirantes, TV OM (hoje CNT) e Gazeta do Povo, onde permaneceu por 11 anos.

Foi Diretor do Ministério do Esporte e Turismo, membro do Comitê de Patrocínio da Secretária de Comunicação Social da Presidência da República e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, no segundo mandato de então presidente Fernando Henrique Cardoso.