Boa parte da classe política brasileira parece viver em outro planeta ou em algum tipo de realidade virtual.

Esquecem que existem 220 milhões de brasileiros, entre eles mais de 130 milhões de eleitores que estão fartos e cansados de abusos, de privilégios e da falta de vergonha na cara.

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Não existe compromisso com o Brasil e o seu povo, o compromisso deles é com o poder, com o dinheiro e com as maracutaias.

Deputados e senadores aprovaram 3 bilhões de reais para financiar as suas campanhas políticas através do tal Fundo Eleitoral, que hoje ganhou o novo nome de Fundo Imoral. Este dinheiro vai ser retirado de investimentos em saúde e educação e também financiado por todos nós para garantir o pagamento cabos eleitorais, santinhos, comícios e milionários programas de propaganda eleitoral.

Para esse parcela da classe política não existe limite para a falta de caráter. Para eles o povo é nada mais que uma manada de vaquinhas de presépio facilmente manipuladas. Eles riem da nossa cara todos os dias em seus gabinetes e salas de reuniões.

O tal Fundo Eleitoral veio na histeria nacional com o escândalo de corrupção da Petrobras que colocou na cadeia Lula e boa parte da cúpula do seu partido e também os empreiteiros mais poderosos do Brasil.

Eles conseguiram convencer a população de que o financiamento público de campanhas eleitorais seria a solução para o fim da corrupção. Aprovaram esse imoralidade com uma rapidez fantástica e o resultado está aí para quem quiser ver.

O povo precisa entender que o sistema mais transparente é aquele em que o Caixa 2 é crime e que todas as doações eleitorais são registradas com CPF e RG, e as empresas que querem apoiar algum candidato tem o seu nome e o seu CNPJ declarado à Justiça Eleitoral. Tudo transparente como requer o atual momento que o Brasil vive.

Em 2020 teremos eleições municipais, muitos deputados e senadores serão candidatos, e os demais vão apoiar seus prefeitos e lideranças, o

que nós podemos fazer é simples e fácil, pegar a lista de quem votou a favor do Fundo Partidário e fazer campanha contra. Não deixar essa gente voltar ao poder. Vamos mandar eles para casa, só com passagem de ida, para nunca mais voltarem. Basta. Passou da hora do povo brasileiro tomar uma atitude.

 

* Alexandre Teixeira
Jornalista formado pela Universidade Federal do Paraná e pós graduado em gestão pela Fundação Getúlio Vargas.

Tem passagens por diversos veículos de comunicação, como TV Bandeirantes, TV OM (hoje CNT) e Gazeta do Povo, onde permaneceu por 11 anos.