Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

vovo-pedofilo260820013

Homem é acusado de abusar de criança de 10 anos, na época. Foto: PC

A pressão entre os presos da Delegacia de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, foi grande e o “Vovô Pedófilo” teve de ser transferido às pressas para a Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP) no fim de semana. Paulo Rodrigues, de 65 anos, foi condenado a uma pena de 13 anos de reclusão e possuía um mandado de prisão em aberto, por ter cometido o crime de abuso sexual contra filha de sua enteada, que na época tinha 10 anos de idade.

De acordo com o delegado Fabio Amaro, a pressão foi grande entre os presos, o que resultou na transferência urgente do acusado. “Há uma lei interna entre os presos e para preservar a integridade do acusado precisamos transferi-lo com urgência”, disse o delegado.

Caso

Segundo as investigações, a criança, que vivia sob o mesmo teto do acusado, era constantemente molestada em sua residência localizada no bairro Parolin, em Curitiba. Após denúncias, o caso acabou chegando ao conhecimento da Polícia Civil, que instaurou inquérito policial e o encaminhou a Justiça.

“Após ser processado e condenado pela 12° Vara Criminal de Curitiba, o detido acabou recorrendo da decisão ao tribunal, que confirmou a sentença a ser cumprida em regime fechado. O rapaz foi surpreendido por Investigadores na manhã de hoje em sua residência localizada na Rua Porto Velho, no Bairro Jardim Claudia, em Pinhais”, afirmou o delegado à Banda B.

Notícia relacionados 

“Vovô Pedófilo” é preso acusado de abusar de criança de 10 anos