A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a morte macabra de uma mulher encontrada carbonizada na manhã desta quarta-feira (31), em Curitiba. O corpo dela foi encontrado em uma área de condomínios residenciais e estava com as mãos e outras partes amarradas com arames. O fogo destruiu as características mais detalhadas da mulher, que tinha cabelos longos e tingidos de loiro acobreado.

A mulher foi encontrada em chamas na Rua dos Contabilistas, no bairro Uberaba. Moradores viram o fogo e acionaram a Polícia Militar (PM), que rapidamente isolou o local. Segundo testemunhas, o corpo da mulher foi incendiado já pela manhã, por volta das 8 horas.

Investigadores da DHPP estão no local há cerca de uma hora, percorrendo condomínios que possuem câmeras de segurança. A expectativa é que elas tenham capturado imagens de suspeitos ou do momento do crime. O delegado Osmar Feijó acredita que a identificação da vítima é crucial.

“Aparentemente, ela tem cerca de 40 anos e o corpo ainda estava em chamas. Ela não tem identificação, ainda, vamos aguardar algum boletim de desaparecimento e saber qual seria a motivação. O corpo foi bem amarrado com arame e ainda não sabemos dizer se ela foi morta aqui ou carbonizada aqui”, descreveu o delegado.

“A impressão que dá é que foi simplesmente desovada no local, morta até mesmo na casa dessa vítima. Ela tem um ferimento na cabeça, mas não sabemos se foi feito antes ou quando foi jogada”, finalizou Osmar Feijó.

O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e passará por exames que identifiquem a mulher e auxiliem a concluir a causa da morte. No local, a perícia confirmou que ela possui um piercing na língua e outro no nariz. O caso segue sendo investigado pela DHPP.