Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira

O vizinho acusado de atropelar e matar um menino de um ano e seis meses de idade em Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba, pode sair da cadeia onde está preso a qualquer momento, desde que pague uma fiança de R$ 2 mil. De acordo com a Polícia Civil, o acusado estava embriagado no momento do acidente e subiu a rua de marcha ré, vindo a atingir o menino em uma rua de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba.

Foto: Reprodução RPC/TV

Foto: Reprodução RPC/TV

A Banda B entrou em contato com Delegacia de Rio Branco do Sul na tarde desta quarta-feira (10), que confirmou a informação de que o acusado teria dado risada na cara da mãe logo após o crime. A Vara Criminal de Rio Branco do Sul confirmou que o valor estipulado para a fiança é de R$ 2 mil, mas que até as 15h30 desta quarta, ninguém havia depositado o valor.

O pequeno David José dos Santos morreu no Hospital Cajuru, em Curitiba, na madrugada desta terça-feira. Ele ficou quase oito horas internado após o atropelamento. O menino brincava com a tia e a avó na frente de casa, quando o vizinho em um Peugeot o atropelou. O acusado tentou fugir, mas foi detido pela Polícia Militar em seguida. Ele foi encaminhado à Delegacia de Rio Branco do Sul, onde o teste do bafômetro apontou 1,03 mg/l de álcool no sangue.

O motorista preso tinha excesso de multas e o veículo foi apreendido pela polícia.

Notícia Relacionada:

Menino de um ano e seis meses morre atropelado por vizinho que dirigia embriagado