Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

esfaqueadoHomem foi levado com faca cravada no pescoço. Foto: DB/Banda B

Uma discussão entre marido e mulher terminou de forma trágica na noite desta quinta-feira (20) na Cidade Industrial de Curitiba. O marido esfaqueou a esposa e também a vizinha que tentou separar a briga. A Polícia Militar (PM) foi acionada e o homem cravou a faca no pescoço para tentar se matar. Há informações de pessoas próximas ao casal de que eles estariam se separando.

A confusão aconteceu por volta das 21 horas, na rua Antonia Campana Koubetch no momento em que marido e mulher começaram a discutir dentro de casa. Durante a briga, o homem, que tem 40 anos, agrediu a esposa, de 27, e a golpeou com uma facada no tórax. A vizinha e amiga da jovem interferiu na situação e foi golpeada no braço, mas com menos profundidade.

A Polícia Militar (PM) já tinha sido acionada e chegou logo após os golpes. O homem tentou se matar e cravou a faca usava nas agressões no pescoço. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) socorreu as três vítimas. O marido foi levado ao hospital com a faca ainda no pescoço.

“A gente nunca faz a retirada do objeto empalado porque geralmente o estrago é quando tira, só no hospital ou no centro cirúrgico. Quando a faca entra, faz o ferimento, rompe os vasos e tampona, faz um coágulo. Mas, quando tira o objeto, arranca ainda mais os tecidos e provoca mais sangramentos”, explica o médico Ricardo Accioly, do Siate.

O estado mais grave é o da esposa, que foi ferida no tórax e no abdômen. Ela foi encaminhada com risco de morte ao Hospital do Trabalhador junto com a vizinha que teve ferimentos leves. Já o marido foi levado até o Hospital Evangélico. A Polícia Civil vai investigar e o homem pode responder por tentativa de homicídio.