Da Redação

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco divulgou no começo da tarde deste sábado (3) um vídeo que mostra o exato momento em que a torcida do Paraná Clube é alvo de bombas e objetos jogados pela organizada do Santa Cruz já do lado de fora do Estádio Arruda. Nas imagens é possível observar o exato momento em que o torcedor do Sport, Paulo Ricardo Gomes da Silva, de 26 anos, morre após ser atingido na cabeça por um vaso sanitário.

Paulo Ricardo Gomes da Silva (Foto: Reprodução - Facebook)

Paulo Ricardo Gomes da Silva (Foto: Reprodução – Facebook)

O vaso foi lançado do interior do estádio para a rua, entre os portões 6 e 7 do Arruda, local destinado à torcida paranista. A privada acertou a cabeça de Paulo Ricardo, que sofreu traumatismo craniano além de fraturas nas pernas, morrendo logo em seguida. Um outro vaso também foi lançado de dentro do estádio. Três pessoas foram atingidas, e encaminhadas a um hospital no centro da capital.

Paulo Ricardo estava dentro do estádio acompanhando a partida entre Santa Cruz x Paraná, e tinha ligação com a torcida organizada do Jovem Sport, que é aliada da Fúria Independente, a uniformizada tricolor.

Hoje, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu suspender preventivamente a realização de jogos no estádio.

A delegada Gleide Ângelo, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Recife, disse na noite de ontem que será difícil identificar quem arremessou o vaso sanitário. Em entrevista ao Diário de Pernambuco, a delegada disse que a investigação terá como base o depoimento de testemunhas e análises da perícia. O fato de no local não haver câmeras de segurança podem dificultar o trabalho da polícia. “É difícil identificar a pessoa que fez isso nas condições apresentadas”, disse a delegada.

Confira o vídeo abaixo:

Notícia Relacionada:

Torcedor morre atingido por vaso sanitário na saída do jogo entre Santa Cruz e Paraná