Vereadora Ana Maria (PT)

A vereadora de Ponta Grossa Professora Ana Maria (PT) desapareceu nesta terça-feira (1º), por volta das 18h, após sair do Cine Teatro Ópera, onde foi realizada a cerimônia de posse.

A vereadora foi reeleita nas eleições de 2012 para o terceiro mandato.
Do teatro, ela deveria ter ido para a Câmara Municipal para participar da eleição da Mesa Diretora, mas não apareceu.

Em entrevista exclusiva à Difusora 690, o delegado Josimar Antônio da Silva da 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa (SDP), disse que a vereadora Ana Maria (PT) – até então desaparecida em um sequestro – manteve um contato com um de seus filhos via telefone celular, momentos depois de o desaparecimento ser noticiado.

Ainda de acordo com a informação oficialização pelo delegado, o carro usado na ação já foi localizado, sendo que a identificação completa do veículo não foi divulgada para não atrapalhar as investigações. Apenas há a referência que seria um automóvel Audi.

“Ela ligou, dizendo que estava bem e que a noite manteria um novo contato com o filho. A ligação caiu logo em seguida”. Acrescentou o delegado, falando sobre o depoimento prestado pelo filho da vereadora.

Mesmo tendo a informação de que a vereadora teve um contato com o filho, a policia afirma que o fato não é o suficiente para localizar o paradeiro de Ana Maria.

Homens do grupo T.I.G.R.E (Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial ) já estão em Ponta Grossa para auxiliar a Policia Civil (PC) nas investigações.A sessão foi adiadaO vereador George de Oliveira (PMN) – mediador da sessão que definiria o novo presidente da Câmara Municipal – suspendeu a sessão, em respeito ao desaparecimento da vereadora Ana Maria.

Uma nova sessão com os 23 vereadores foi agenda para a próxima quarta-feira (2) às 10 horas.Desaparecimento da vereadora Ana Maria (PT)A informação chamou a atenção.

A Rádio Difusora noticiou com exclusividade o caso.

Durante a transmissão da posse do prefeito eleito Marcelo Rangel (PPS), vice e dos 23 vereadores, houve a noticia do desaparecimento da vereadora, por volta das 17h20. O caso se estendeu a nível estadual e nacional.

Rumores apontavam que um carro Gol seria o veículo usado pelos sequestradores, fato desmentido oficialmente pelo delegado responsável, Josimar Antônio da Silva.A Policia Civil (PC) segue com as investigações.A polícia trabalha para obter informações sobre o paradeiro da parlamentar.