Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

[jwplayer mediaid=”115828″]

Uma testemunha que viu a professora do colégio estadual ser esfaqueada por um aluno disse à Banda B que está indignada e chocada com a situação. “A segurança aqui sempre foi péssima, tanto dentro quanto fora da escola. Acredito que foi algo que poderia ter sido evitado”, disse ela em entrevista nesta quinta-feira (4). (Ouça a entrevista completa no player acima)

O caso aconteceu hoje por volta das 11h30 dentro da Escola Estadual Ivanete Martins, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Um estudante de 14 anos deu golpe de facas em uma professora de inglês, identificada apenas como Ana Paula, de 30 anos, na frente dos outros alunos.

“A única coisa que eu vi foi ela saindo da sala cheia de sangue e todo mundo tentando ajudá-la. Muitos alunos falavam que ela era radical, bipolar, mas eu nunca vi isso. Ela foi sempre muito alegre e simpática”, completou a testemunha, que preferiu não se identificar.

Ela disse não saber se houve discussão antes do ato ou não. “Estão dizendo que ela foi esfaqueada nas costas enquanto dava aula”, completou. “Ninguém tem segurança tem. Não temos patrulhamento, tem menino de fora querendo entrar, alunos saindo… Não sabemos mais o que fazer”, informou.

A professora foi encaminhada ao hospital em estado grave, mas já está fora de perigo.

Notícia atualizada

Aluno de 14 anos reclama de nota e esfaqueia professora dentro de Colégio Estadual