Da Polícia Civil

Foto: Juliano Cunha - Banda B

Foto: Juliano Cunha – Banda B

Policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) prenderam, na última quarta-feira (6), Jorge Luís Soares de Oliveira, 58 anos, o “Gaúcho”, Rosinaldo da Silva Nascimento, 34 anos, o “Naldo” e Marli Rocha da Silva, 32 anos, e apreenderam 74,7 quilos de maconha, 300 gramas de cocaína, um veículo roubado, um veículo com bloqueio judicial e R$ 22,8 mil.

Segundo a delegada-adjunta da Denarc, Camila Cecconello, os policias investigavam “Naldo” há aproximadamente dois meses, por ser apontado como distribuidor de entorpecentes para traficantes de Curitiba e região metropolitana. Com base nessas informações, a equipe da Denarc monitorou a rotina do investigado e percebeu que ele frequentava uma residência no Alto Boqueirão, em Curitiba, onde costumava armazenar os carregamentos de drogas que adquiria de seus fornecedores. “Na tarde de quarta-feira, a equipe policial flagrou ‘Naldo’ entrando na residência para retirar entorpecentes na companhia de sua esposa e fez a abordagem”, contou a delegada.

2denarc07

Foto: Juliano Cunha – Banda B

No local, os policiais localizaram 300 gramas de cocaína em um dos cômodos da casa, de propriedade de Oliveira. Ao efetuarem buscas minuciosas, os investigadores localizaram mais 74,7 quilos de maconha escondidos debaixo do assoalho da residência. No local foram encontrados R$ 1,8 mil escondidos em uma barra de uma calça de Oliveira. No pátio da residência estavam estacionados o Corsa, de propriedade Oliveira, que é roubado e estava com uma placa clonada e o Pálio de propriedade de “Naldo”, com bloqueio judicial. “Os policias de dirigiram até a residência de Oliveira, em Fazenda Rio Grande e lá localizaram mais R$ 21 mil no seu armário”, contou a delegada.

“Naldo” e Oliveira possuem antecedentes por tráfico de drogas. Oliveira foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo. “Naldo” e Marli foram autuados por crime de tráfico de drogas.