Juliano Cunha/Banda B
Ele levava os produtos para casa e não entregava para os clientes

Um motorista de cargas foi preso no início da noite desta terça-feira (23) acusado de desviar produtos de uma transportadora. Allan Nilton Rocha Vanzuita, 25 anos, trabalhava nesta empresa há três meses. Ele é suspeito de levar os produtos para a casa dele, ao invés de entregá-los para os clientes, e registrar Boletim de Ocorrência dizendo que havia sido assaltado.

Allan foi preso por volta das 18h30 em casa, na Avenida das Araucárias, próximo ao portal da cidade, região metropolitana de Curitiba. O suspeito foi detido por policiais do Serviço Reservado (P2) do 13º Batalhão da Polícia Militar em um trabalho conjunto com policiais da Delegacia de Estelionatos e Desvio de Cargas (DEDEC). Eles receberam uma denúncia anônima.

Na casa do suspeito foram encontrados R$ 100 mil em eletroeletrônicos e produtos de perfumaria. O delegado Vinicius Borges Martins informou que Allan seria autuado em flagrante por furto qualificado. “Vai ser qualificado por causa da confiança que ele tinha perante a empresa. Nós apreendemos documentos e carimbos também. Os policiais o pegaram em flagrante. A própria empresa já estava de olho nele, mas estava esperando para não perder a última carga”, disse o delegado.

Com o acusado foram encontrados dois aparelhos micro-ondas, doze máquinas de lavar louça, quatro filtros de água, doze caixas carregadas com shampoo, três geladeiras, duas máquinas de lavar roupa e uma lavadora de alta pressão, além de dinheiro.