Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

O fim de semana de feriado de Nossa Senhora Aparecida registrou um número abaixo da média habitual de mortes violentas em Curitiba e região metropolitana. Ao todo, o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba recebeu 15 vítimas de mortes violentas das 18 horas de sexta-feira (11) até as 6 horas de hoje (14). Desses, sete foram assassinados, cinco morreram por queda, duas por queimaduras e uma por enforcamento.

Entre os crimes está o do jovem Lucas Batista de Oliveira, 18 anos, que foi assassinado no meio da rua em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Ele tinha ido levar a namorada em casa na noite de ontem e, na volta, acabou morto a tiros. Não há testemunhas. O crime será investigado pela delegacia local.

Passado

O fim de semana passado registrou 26 mortes violentas. O balanço oficial do Instituto Médico Legal (IML) aponta que 12 pessoas foram assassinadas, uma pessoa morreu depois de confrontar com a polícia, oito pessoas foram vítimas de acidente de trânsito, três se suicidaram, uma foi vítima de queimadura e um caso aguarda exames complementares para indicar a causa morte.