Da Redação com PMPR

(Fotos: Juliano Cunha – Banda B)

Com o objetivo de reintegrar socialmente os torcedores da torcida organizada do Atlético Paranaense, que cumprem pena administrativa, o 13º Batalhão de Polícia Militar (13º BPM) recebeu, na manha deste sábado (09), 15 jovens para prestarem serviço comunitário no projeto Gol de Ouro. O evento aconteceu na sede da unidade no bairro Novo Mundo, em Curitiba.

Os torcedores que participaram foram presos após a confusão nas arquibancadas da Arena Joinville, em dezembro do ano passado, durante partida entre Atlético e Vasco, válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Ao participarem do projeto, os jovens evitam a expulsão do quadro de sócios do clube e também da Torcida Organizada Os Fanáticos.

De acordo com o Chefe de Planejamento do 13º BPM, major Manoel Jorge dos Santos Neto, o objetivo é fazer com que os jovens sejam reinseridos na comunidade. É importante ressaltar, segundo ele, que este auxílio não altera as questões judiciais deles com a polícia de Santa Catarina, trata-se apenas de um ajuste administrativo voluntário.

“O Clube Atlético Paranaense viu como uma sanção administrativa para os jovens. Eles acompanham o nosso trabalho e evitam uma sanção por parte do clube. É uma intenção até de mudar a imagem tão ruim que existe por parte das torcidas organizadas. Podemos desta forma auxiliar na recuperação desses jovens”, afirmou o major à Banda B.

O torcedor Salatiel Dias, que participou da ação voluntária, disse que o que aconteceu em Joinville manchou a imagem da torcida organizada. “Aquela situação arranhou sim a imagem da torcida, por isso é preciso resgatá-la. Na torcida organizada existem pessoas de família e é preciso entender que não se tratam apenas de pessoas que querem brigar. Tem um lado bom e esta aproximação com clube e PM tem este objetivo”, disse.

O projeto Gol de Ouro, existente há quatro anos, atende crianças e adolescente de 7 à 17 anos que todo sábado tem aula de futebol na sede do 13º BPM, uma parceria com a Associação dos Moradores do Novo Mundo com a Polícia Militar.

BRIGA – Os jovens se envolveram em uma briga de torcedores durante um jogo entre Atlético Paranaense e Vasco no dia 8 de dezembro de 2013, que ocorreu na Arena Joinville. Devido à confusão a partida foi paralisada aos 17 minutos do primeiro tempo, sendo que somente 1h10 o jogo voltou a ser disputado.

Devido à briga 31 torcedores foram denunciados e mais 20 foram detidos. Estes 15 jovens que participarão da ação comunitária fazem parte da torcida organizada do Atlético e estavam envolvidos na confusão.