Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

O assassinato de uma taxista de 26 anos neste sábado (15) chocou os moradores da região da Lapa, na região metropolitana de Curitiba. Ana Karina Ribas Magalhães, 26 anos, foi estrangulada com as próprias calças e encontrada pelo marido, agonizando, ao lado do veículo. Ainda não há informações sobre o paradeiro do assassino.

O crime aconteceu por volta das 18 horas na localidade de Passa Dois, na zona rural da Lapa. A taxista foi chamada para uma corrida a cerca de quatro quilômetros da Lapa. O sargento Otávio da Polícia Militra (PM) contou que foi o marido de Ana Karina que a encontrou ao lado do carro.

“Ela foi solicitada para um local bem afastado e, quando ela passou a demorar muito, o marido foi atrás dela. Quando ele chegou ao local próximo onde foi a solicitação, já viu o carro dela parado com as portas abertas. Ela estava caída ao lado, ainda com vida”, descreveu o tenente.

A taxista foi socorrida por uma equipe da polícia, mas não resistiu e morreu antes mesmo de dar entrada no hospital. O celular da vítima foi levado e há possibilidade de ela ter sofrido violência sexual, já que estava apenas com as peças íntimas. O marido, que também é taxista, ficou em estado de choque.

A Polícia Militar (PM) informou que fez patrulhamento durante toda a noite, recebeu algumas informações, no entanto, ninguém tinha sido preso. O caso será investigado pela Polícia Civil do município da Lapa.