Da Polícia Civil

suspeitosdentro

Suspeitos foram presos em flagrante (Fotos: Antônio Nascimento – Banda B)

Três pessoas suspeitas de roubarem uma carga de cigarros foram presas pela Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC), na última quinta-feira (15), nos bairros Uberaba e Cajuru, em Curitiba. Aproximadamente cinco caixas de cigarros levadas no dia do assalto foram recuperadas pela polícia. A Polícia divulgou o áudio do momento em que o suspeito de assalto vendia a carga para o receptador, que ainda não foi detido. (Ouça no player abaixo:)

[jwplayer mediaid=”160674″]

O crime

O crime aconteceu na última quarta-feira (14) em Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), quando uma Van branca com uma carga de cigarros foi abordada por três pessoas armadas que renderam o motorista e levaram parte da mercadoria, transferindo os cigarros para um I30 prata e fugindo com destino ao município de Pinhais.

Após o crime, a DEDC iniciou as investigações e conseguiu prender, no bairro Uberaba, Thiago Roberto da Silva, mais conhecido como “Merenice”, 20 anos, um dos participantes do crime.

suspeitosfora

Carga de cigarro foi recuperada (Foto: AN – Banda B)

Ao ser detido, os investigadores encaminharam o suspeito até a viatura policial, quando perceberam que um homem com as mesmas características de uma outra pessoa envolvida no assalto estava próxima à viatura, tentando tirar uma foto da equipe policial e de “Merenice”.

O homem foi identificado como Jonathan Brendan Ramos, 19 anos, também preso pela DEDC envolvido no crime. Na sequência das diligências, os policiais civis através de investigações e informações conseguiram identificar o terceiro autor do crime. Trata-se de Geovane Cardoso dos Santos, 24 anos, detido pela polícia no bairro Cajuru, em uma via pública próximo a um Golf azul.

No interior do veículo a equipe policial encontrou a carga de cigarros roubados. O trio confessou o crime, mas não informou quem seria o receptador da mercadoria. “Agora as investigações continuam no intuito de identificar os possíveis receptadores”, afirma o delegado-titular da DEDC, Wallace de Oliveira Brito.

Todos foram presos em flagrante e encaminhados para a DEDC, onde responderão pelo crime de roubo.