Por Marina Sequinel e Djalma Malaquias

Dois suspeitos de matar o cabeleireiro Matheus Kenedy da Silva, de 21 anos, em um suposto assalto foram presos em Curitiba. Fernando Nicolas Campos e Afonso Henrique dos Santos confessaram o crime, segundo o delegado Érick Busetti, da especializada do Alto Maracanã, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba.

cabeleireiro3

Cabeleireiro foi morto no dia 4 de outubro no pátio de um supermercado. (Foto: Arquivo pessoal)

“Eles foram abordados no terminal do Cabral com uma arma, que acreditamos ter sido usada no homicídio. Os dois disseram que a vítima teria mexido com eles, feito alguma brincadeira que eles não gostaram. Eu não acredito, acho que foi um assalto”, disse o delegado em entrevista à Banda B nesta terça-feira (20).

Matheus estava no pátio de um supermercado quando foi abordado por dois indivíduos. O crime aconteceu no dia 4 de outubro, no bairro Alto Maracanã, em Colombo. “Pelas imagens, parece que foi um assalto. Em momento algum o meu filho revidou. Ele tentou sair do carro, mas os bandidos o empurraram para dentro e atiraram nele. Depois, o Matheus ainda correu por cerca de 100 metros, mas caiu e morreu, na Estrada da Ribeira. Eu nunca vou tirar essa cena da minha memória”, contou Damião Siqueira da Silva, pai do jovem, à reportagem.

Os dois suspeitos foram encaminhados à delegacia, onde permanecem à disposição da Justiça. A Polícia Civil segue com as investigações para reunir provas contra a dupla e apurar com detalhes a causa do crime.

Notícia relacionada

Carro de cabeleireiro assassinado é encontrado e pai desabafa: “Sinto pena de quem fez isso”

Cabeleireiro é assassinado em pátio de supermercado em assalto; amigos lamentam