Por Juliano Cunha

Quatro suspeitos usaram um fuzil para atirar contra equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, durante a noite desta terça-feira (13). Houve perseguição, mas até a manhã de hoje ninguém havia sido preso. Eles são suspeitos de integrar uma quadrilha de roubos a caixas eletrônicos na Grande Curitiba.

As informações iniciais indicavam que o grupo teria praticado um sequestro na Cidade Industrial. Assim que o carro deles, um Polo, passou pelo Posto da Rodovia do Xisto foi abordado pelos policiais rodoviários. Eles não acataram e fugiram, iniciando uma perseguição. Segundo a PRF, o grupo atirou contra a equipe policial por três vezes.

O carro foi abandonado e o grupo seguiu a pé por um matagal às margens da rodovia. Dentro do veículo policiais encontraram cápsulas de fuzil já deflagradas. Os criminosos estariam encapuzados e um grande cerco se formou para tentar localizá-los.

Além da PRF, equipes da Polícia Militar (PM), da Guarda Municipal (GM), e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). O suposto sequestro não foi confirmado e havia a suspeita de que os criminosos podem fazer parte de uma quadrilha de arrombamentos de caixas eletrônicos. Até a manhã desta quarta-feira ninguém havia sido preso.