Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

SUSPEITO CENTRO

Suspeito deu muito trabalho a polícia (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Um jovem identificado apenas como Rodrigo, de 22 anos, deu um trabalho danado aos profissionais de segurança pública durante esta terça-feira (9). Depois de ser preso em flagrante pela Guarda Municipal (GM) na região central de Curitiba durante a tarde, o suspeito usou um clipe para abrir as algemas e se escondeu por cinco horas no forro do 1° Distrito Policial (1° DP), terminando preso novamente na região central durante a madrugada desta quarta (10), depois de já estar longe do distrito.

A história começou durante a tarde, quando o suspeito foi preso depois de furtar uma advogada no Centro. Ele foi encaminhado ao 1° DP e enquanto o flagrante era feito usou um clipe para liberar uma das algemas. “Fizemos patrulhamento na delegacia, no Centro, mas não o encontramos. Achei que já tínhamos o perdido, porém durante a madrugada veio a surpresa”, iniciou o supervisor Aparecido, da GM.

De acordo com o supervisor, o jovem foi reconhecido por uma equipe da guarda municipal caminhando pelo Centro. “Ele disse que tinha sido liberado pelo escrivão, mas certamente não foi bem assim que aconteceu. Descobrimos que ele ficou por cinco horas escondido no forro da delegacia, inclusive encontramos as algemas dele por lá. Deu bastante trabalho, mas terminou atrás das grades”, contou o supervisor.

O suspeito foi autuado em flagrante e agora vai responder pelo crime que cometeu, já que desta vez não conseguiu fugir.